Ex-prefeito de Nhamundá é suspeito de compra de voto para vereador

Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Nhamundá (a 382 quilômetros de Manaus), Gledson Paulain, o Nenê Machado, está sendo investigado pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM). O motivo é a suspeita de compra de votos para o vereador Artur Paulain.

O fato teria acontecido em 2018, quando o vereador ocupava o cargo de presidente da Câmara Municipal de Nhamundá. Conforme o órgão ministerial, Nenê teria oferecido dinheiro e a nomeação de Idaneide Gomes, na administração municipal, para o vereador Nildão Bitencourt (PSD) sob a condição de que o parlamentar declarasse voto no vereador Artur Paulain para presidente da Casa Legislativa.

De acordo com denúncias, o dinheiro oferecido seria no valor de R$ 100 mil. A Mesa Diretora da Câmara tem 20 dias para apresentar cópia da ata da sessão da eleição para escolha dos membros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui