Ex-presidente da Câmara de Boa Vista do Ramos deverá devolver R$ 24 mil

Municipio de Boa Vista do Ramos - Foto: Reprodução

O ex-presidente da Câmara Municipal de Boa Vista do Ramos, Ronaldo Dias Pereira, terá de devolver aos cofres públicos o valor de R$ 24,8 mil. A condenação se deu em razão de inúmeras irregularidades encontradas nas contas do ex-gestor, referentes ao exercício de 2014. A decisão é do colegiado do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

Entre as irregularidades constatadas pelos órgãos técnicos, estão a ausência de documentações como projetos arquitetônicos e complementares na reforma de um prédio; falta de notas fiscais emitidas pela empresa contratada, além do superfaturamento em obras realizadas.

As contas dos gestores do Serviço de Autônomo de Água e Esgoto de Manacapuru (SAAE), Betanael da Silva Dângelo e Maysa Pinheiro Monteiro, também foram reprovadas. Os ex-gestores foram condenados em R$ 27,3 mil, ambos com multa de R$ 13,6 mil por diversas infrações constatadas nas prestações de contas do exercício de 2017.

Os ex-gestores ainda podem recorrer e tem 10 dias para devolver o dinheiro aos cofres públicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui