Expedição na Amazônia promove ações para beneficiar 450 famílias de comunidades locais

Foto: Divulgação

Climate tech brCarbon atua durante este mês de maio em iniciativas sociais, econômicas e ambientais na cidade de Manicoré (AM)

A partir desta segunda-feira, 2/5, a cidade de Manicoré, na região Sul do Amazonas, recebe uma expedição com profissionais de diferentes áreas que promoverão ações sociais, econômicas e ambientais que vão beneficiar 450 famílias de 15 comunidades locais. A iniciativa segue até o dia 20 e é resultado de uma parceria da climate tech brCarbon com a EBCF (Empresa Brasileira de Conservação de Florestas), sem qualquer custo para os moradores.

“Serão muitas frentes de trabalho nestas próximas semanas, com ações que vão ajudar a comunidade local a gerar renda de forma sustentável, a melhorar a qualidade de vida dos moradores destas regiões e, ao mesmo tempo, a promover a proteção da floresta em pé”, explica Heberton Barros, diretor técnico da brCarbon que acompanha a expedição.

Heberton Barros, diretor técnico da brCarbon – Divulgação

Na área econômica, a programação conta com cursos de boas práticas para o cultivo de castanha e de açaí, que abrangem as etapas de coleta, beneficiamento e armazenamento com foco nos padrões de qualidade exigidos para atender a agroindústria. Haverá, ainda, mapeamento de iniciativas para o empoderamento feminino local, promoção de ações de saúde comunitária, capacitação de professores para aulas de reforço escolar pós-pandemia e realização de oficinas de fotografia e de monitoramento da biodiversidade local. A equipe da brCarbon também será responsável por mediar acordos para evitar conflitos territoriais entre moradores nas áreas de caça e pesca.

Drone para mapear castanheiras

No período da expedição, a brCarbon vai realizar um mapeamento de áreas de coleta da castanha. Para isso, contará com um drone de última geração com sensor LiDAR (do inglês Light Detection and Ranging). Serão mapeados pelo menos 2 mil hectares de florestas, em áreas exploradas pela comunidade local na busca de identificação de novos pontos potenciais de coleta.

Toda a expedição ocorre na área da Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável (RPDS) Amazona Rio, um mosaico de Unidades de Conservação privadas com outras áreas particulares da EBCF, que são gerenciadas de forma integrada e articulada, somando aproximadamente 20 mil hectares de áreas protegidas.

Dentro da programação, na sexta-feira, 6/5, será realizada uma cerimônia de lançamento da Amatech, o Centro de Tecnologia, Inovação, Metaverso e Empreendedorismo Científico da Amazônia. Trata-se de um ecossistema internacional de inovação que reúne parceiros do setor, universidades e investidores para o desenvolvimento, lançamento e dimensionamento da ciência e tecnologia com objetivo de combater a emergência climática. A iniciativa conta com a parceria do Imperial College of London.

Sobre a brCarbon

A brCarbon (BRC) é uma climate tech que promove soluções climáticas naturais com recursos financeiros do mercado de carbono para mitigar o aquecimento global. Atua com estratégias e tecnologias inovadoras para viabilizar ações de conservação florestal, restauração ecológica e agropecuária e extrativismo sustentável, além de desenvolvimento das comunidades locais. Uma das frentes de trabalho é a geração de créditos de carbono para produtores rurais por meio da conservação de áreas florestais dentro de suas propriedades. Além do ganho ambiental, a manutenção em pé do excedente da reserva obrigatória por lei é transformada em resultado financeiro para os proprietários. Fundada em novembro de 2020 e com sede em Piracicaba (SP), conta com uma diretoria técnica com 15 anos de experiência no mercado de carbono. Nos próximos três anos, a brCarbon pretende expandir sua atuação em oito estados da Amazônia Legal, atingindo a conservação de 1,5 milhão de hectares e beneficiando mais de 500 famílias tradicionais ribeirinhas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui