Exportações tiveram alta de quase 70% em novembro

Foto: Reprodução

O Amazonas registrou US$ 79,88 milhões em novembro referentes às exportações, o maior valor apurado no ano passado. O montante representa uma alta de 67,36%, quando comparado a novembro de 2018, e de 28,90% em comparação a outubro de 2019. Os dados são da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

Em novembro, os principais destinos foram Venezuela e Bolívia, o equivalente a 40,58% das exportações. Dentre os principais produtos exportados do Amazonas para a Venezuela, os Açúcares de Cana apresentaram variação positiva na comparação com novembro de 2018 (200,00%) e outubro de 2019 (182,86%). Para a Bolívia, os principais produtos exportados foram Preparações alimentícias (Preparações para bebidas entre outros), com incremento de 101,58%, na comparação com novembro de 2018, e 47,57%, na comparação com outubro de 2019.

Já as importações do Amazonas somaram US$ 677,653 milhões, em novembro, o equivalente a 4,78% de participação nas importações do Brasil. Em relação a outubro de 2019, ocorreu queda de 27,79%, e na comparação a novembro de 2018, redução de 16,22%. Com exceção da importação de embarcações oriundas da China, ocorreu uma redução da demanda dos polos de produtos eletroeletrônicos e de informática, principais importadores do Estado do Amazonas.

Interior – Em relação aos municípios do interior, Presidente Figueiredo foi o maior exportador (US$ 5,478 milhões), com participação de 6,86% das exportações do Estado. O principal produto exportado foi Ferro-ligas com destino à China. O segundo município que mais exportou foi Itacoatiara (US$ 5,257 milhões), com participação de 6,58% nas exportações estaduais, cujo principal produto foi Soja, com destino à Noruega.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui