F1: Hamilton desbanca Rosberg, e Massa volta ao pódio, em Monza

Hamilton(C), Rosberg) e Massa(D), no Pódio/Foto: Oliver Morin(AFP)
Hamilton(C), Rosberg) e Massa(D), no Pódio/Foto: Oliver Morin(AFP)
Hamilton(C), Rosberg) e Massa(D), no Pódio/Foto: Oliver Morin(AFP)
Hamilton festeja Felipe Massa/Foto: AFP
Hamilton festeja Felipe Massa/Foto: AFP

Monza recebeu um emocionante e agitado Grande Prêmio da Itália hoje, domingo (07). A dupla da Mercedes voltou a ser protagonista, mas, desta vez, quem venceu foi o britânico Lewis Hamilton. O piloto foi pole position, mas largou mal e foi ultrapassado pelo alemão Nico Rosberg. Entretanto, o inglês aproveitou erros do companheiro de escuderia para vencer sua sexta prova na temporada e esquentar a briga pelo título.

Para Felpe Massa, o fim de semana foi extremamente positivo. O brasileiro, que foi confirmado pela Williams para a próxima temporada, havia largado em quarto e terminou a prova em terceiro. O piloto não subia no pódio desde o Grande Prêmio da Espanha de 2013, em maio do último ano, ainda com a Ferrari. De quebra, ele ainda ficou na frente de seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas.

A largada foi toda para Rosberg. O alemão aproveitou o início ruim de Hamilton e assumiu a liderança logo de cara. Massa também foi bem e passou para terceiro, enquanto o surpreendente Magnussen passou de quinto para segundo. Na quinta volta, o brasileiro aproveitou para passar o dinamarquês e entrar na briga pela ponta. Já Bottas teve que lamentar, já que saiu de terceiro para 11º.

Massa conseguiu se segurar na segunda colocação até a décima volta, quando Hamilton concretizou a ultrapassagem. Com isso, o britânico passou a pisar fundo para se aproximar de Rosberg e deixar a briga pela vitória entre os pilotos da Mercedes.

O alemão já havia se complicado em uma área de escape nas primeiras voltas e, na volta 29, voltou a errar e escapar para fora do traçado. Hamilton aproveitou o vacilo do companheiro e retomou a liderança da prova para não largar mais.

Algumas posições atrás, o destaque ficava por conta de Bottas, que tratou de recuperar posições perdias e ficou na briga pela quarta colocação. A disputa foi boa para Massa, que não teve assédio ao seu terceiro lugar. Quem não pôde entrar nessa disputa foi Alonso que, para a decepção da torcida italiana, teve que abandonar com sua Ferrari.

Confira os resultados do Grande Prêmio da Itália:

1: Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1h24min36s556 – 53 voltas
2: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) + 3s175
3: Felipe Massa (BRA/Williams) + 25s026
4: Valtteri Bottas (FIN/Williams) + 40s786
5: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) + 50s309
6: Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) + 59s695
7: Sergio Pérez (MEX/Force India) + 1min02s518
8: Jenson Button (ING/McLaren) + 1min03s063
9: Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) + 1min03s535
10: Kevin Magnussen (DIN/McLaren) + 1min06s171*
11: Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) + 1min11s184
12: Nico Hulkenberg (ALE/Force India) + 1min12s606
13: Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso) + 1min16s093
14: Pastor Maldonado (VEN/Lotus) + 1 volta
15: Adrian Sutil (ALE/Sauber) + 1 volta
16: Romain Grosjean (FRA/Lotus) + 1 volta
17: Kamui Kobayashi (JAP/Caterham) + 1 volta
18: Jules Bianchi (FRA/Marussia) + 1 volta
19: Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) + 2 voltas
20: Marcus Ericsson (SUE/Caterha (Terra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui