Feijoada beneficente irá ajudar Lar Batista Janell Doyle

Foto: Divulgação

Neste sábado, dia 26, todos poderão saborear um dos maiores clássicos da culinária brasileira, a Feijoada e ainda fazer o bem. É o que propõe a Feijoada Beneficente Encontro das Águas. O Chefe Dedé Parente cozinhando o tradicional feião preto e o feijão branco com linguiça de frango e frango defumado.

O evento será realizado no dia 26 de outubro, às 12h, no SESI – Clube do Trabalhador, em prol do Lar Batista Janell Doyle.

A renda arrecadada no evento será revertida para a manutenção do abrigo, considerado um dos principais da Região Norte. Trabalhando há mais de 20 anos com acolhimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Além da gastronomia, o evento terá música ao vivo e programação especial para crianças com brincadeiras e atividades promovidas por animadores infantis.

Para agradar a todos os paladares, serão servidos dois tipos de feijoada, a tradicional e a conhecida como “feijoada branca” que é uma versão mais leve, à base de frango defumado e especiarias. A preparação será feita pelo chef André Parente, vencedor de um dos maiores prêmios da culinária brasileira, o Prêmio Dólmã, em 2018, e responsável pela administração e cardápio dos restaurantes do Grupo Dedé, patrocinador da ação.

Os ingressos estão à venda ao valor de R$ 50 e podem ser adquiridos através do telefone (92) 9214-8949, na sede do Lar Batista Janell Doyle, na Rua Igarapé do Mauá, número 1, no Mauazinho, e também nas unidades da Cachaçaria do Dedé, situadas no bairro Parque 10, Shopping Ponta Negra, Manauara Shopping e Amazonas Shopping. Crianças até 10 anos pagam meia entrada.

Foto: Divulgação

Sobre o Lar

Uma Entidade Beneficente de Assistência Social, que atua como acolhimento para crianças e adolescentes como também Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para as famílias da comunidade do Mauazinho. Filiada a Convenção Batista do Amazonas. Inaugurada em 12 de Outubro de 1996.

O Lar foi Inaugurado em 12 de Outubro de 1996 com apenas uma criança e em dois meses já eram 30 crianças.

Logo depois o Lar passou da UFMBAM para a Convenção Batista do Amazonas (CBA). Em outras palavras o Lar foi oficializado como Órgão de Ação Social da CBA. O Lar trabalhava com o Programa Abrigo até o ano de 2001, quando iniciou o Programa Sócio-Familiar com atendimentos às crianças da comunidade.

O Lar Batista foi gerado em 1989, quando o Presidente da União Feminina Missionária Batista do Amazonas, socializou o sonho e logo foi acolhido por todas as mulheres batistas. Com isso ganharam o terreno e com a ajuda de todos foi construído o prédio.

De acordo com a diretora Magaly Araújo “Temos experimentado ao longo desses anos o quanto Deus supre as necessidades dos pequeninos. Todas as pessoas, que sensíveis às necesidades de nossas crianças estendem suas mãos e nos ajudam, são enviadas por Deus. Somos gratos a cada um que tem tornado possível o Lar por todos estes anos de serviços prestados a nossa cidade e estado, no cuidado de crianças e adolescentes”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui