Filmagens do curta ‘Os anseios das cunhãs’, de Regina Melo começam, em Manaus

Autora Regina Melo/Foto: Divulgação

Autora Regina Melo/Foto: Divulgação
Produtora Regina Melo/Foto: Divulgação

As gravações do curta-metragem “Os anseios das cunhãs”, da produtora audiovisual Regina Melo, iniciam nesta semana. A produção venceu o Prêmio Carmem Santos Cinema de Mulheres e até ganhou uma oficina para a preparação do elenco com a doutora em psicologia Fabiana Borges.

Formada em Comunicação Social, Regina já tem outros projetos de sucesso no currículo. Entre eles, destacam-se os livros ‘Ykamiabas – Filhas da Lua, Mulheres da Terra’ e ‘Oceano Primeiro – Mar de Leite, Rio da Crianção’. “Na verdade, sou da área de literatura e, como minha graduação foi em comunicação, tenho a facilidade de atuar nas áreas criativas. Tive a oportunidade de trabalhar com poesia, teatro e até música”, disse.

O curta ‘Os anseios das cunhãs’ é baseado em um poema homônimo de Regina. A história mostrará a prostituição, violência e exploração que algumas mulheres sofrem. A produção usará lugares conhecidos na capital, como o Centro Histórico, Porto, Mercado Municipal e a Periferia. Mas, a produtora audiovisual garante que a fotografia será colorida, lúdica e não perderá o tom poético.

O filme ‘Os anseios das cunhãs’ contará com a participação dos atores amazonenses Arnoldo Chaves, Sabrina Oliveira, Acácia Mié, Vanessa Pimentel, Koia Refkalefsky, que também assina o figurino e direção de arte. A compositora e cantora Djuena Tikuna também participa do filme. Virão exclusivamente para participar do filme, três atrizes do Teatro da Boca Rica, de Fortaleza (CE): Lua Ramos, Rosana Rodrigues e Maria Rejane Reinaldo.

Mulher no cinema

Rosa acredita que a premiação é importante para destacar o papel da mulher no cenário cinematográfico. “O mercado é concorrido, ainda mais quando os homens continuam a predominar. Temos pessoas maravilhosas que são responsáveis pelo crescimento do cinema, como por exemplo, a Dhiek Praia. Eu a convidei para trabalhar ao meu lado nessa produção e a parceria está funcionando”, contou.

O Prêmio Carmem Santos Cinema de Mulheres motivou a produtora audiovisual a investir na produção. “O diferencial desse projeto é que ele é feito para  mulheres. Espero começar a pós-produção e montagem em agosto. Quero inscrever o curta em vários festivais pelo Brasil”, garantiu Regina.(PACult)

 

1 COMENTÁRIO

  1. Descup o incomodo. .meu nome é Daniel, fiz curso de cinegrafia na Fundação Red Amazônica. Meu estágio fiz na Amazon sat …. e na TV em Tempo.. Estou a procura de trabalho. Tenho certificado. …. Se vc precisa de um cinegrafista estou a disposição. …

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui