Focos de incêndio registrados neste mês preocupam os especialistas

Foto: Reprodução

Somente nesta primeira semana de agosto, os focos de incêndio registrados já superam os números do mesmo período do ano passado. Os dados preocupam os ambientalistas no que diz respeito à destruição da maior floresta tropical do mundo.

O estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) aponta que houve 5.860 focos de incêndio na Amazônia em apenas seis dias. O fato indica uma alta de 7% em comparação ao mesmo período do ano passado.

A estimativa é de que agosto deste ano possa ser bem semelhante ao do ano passado, com o mesmo ou maior número de queimadas. O desmatamento atingiu maior alta em 11 anos em 2019 e subiu mais 25% no primeiro semestre de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui