Formatura de Pedagogia da UEA em Maraã termina em pancadaria

O ginásio estava ocupado com mais de mil convidados - Foto: Divulgação

O Ginásio Arlindo Pereira, localizado na Rua João Café, esquina com a Travessa Marcelino Cavalcante, na pequena cidade de Maraã (AM), região do Japurá, foi palco de feroz e selvagem demonstração de brutalidade na noite de quinta-feira, 26.


O ginásio estava literalmente ocupado por mais de mil pessoas convidadas, ou não, para a festa de formatura de 96 Formandos do Curso de Pedagogia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) quando de repente tudo acabou em violenta pancadaria.

Cadeiras e mesas voavam de todos os lados e em todas as direções. Em questão de segundos, a confusão na festa dos formandos de Pedagogia da UEA ficou praticamente incontrolável. Quem ousou amenizar a contenda com aquele tradicional “deixa pra lá” entrou na porrada, levou chutes, tapas, pontapés, bofetões – enfim… entrou na briga sem saber porque.

O ginásio estava ocupado com mais de mil convidados – Foto: Divulgação

Várias pessoas saíram do Ginásio Arlindo Pereira feridas com golpes de gargalo de garrafa e – não é exagero – de faca, à exemplo de Cláudio Oliveira dos Santos, conhecido, também, como Claudinho, e João Pedro.

Ambos foram socorridos e levados à Unidade Mista de Maraã

Com o intestino perfurado Claudinho foi submetido a cirurgia de Emergência. A informação é de que passa bem.

A pancadaria começou com desentendimento de duas pessoas e acabou em pancadaria coletiva onde todos apanharam e bateram.

Fonte: Reporte AM

Artigo anteriorMédico morre após acidente envolvendo três veículos
Próximo artigo“Renda Certa” é compra de voto, denuncia Serafim

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui