Fundo Manaus Solidária lança 2º Edital de Fomento destinado a OSCs

Novo edital de fomento - Foto: Karla Vieira/ Manaus Solidária

A Prefeitura de Manaus, por meio do Fundo Manaus Solidária, tornou público, nesta quarta-feira, 4/9, por meio de publicação no caderno 1 da edição 4.675, página 14, do Diário Oficial do Município (DOM), o segundo Edital de Fomento destinado a Organizações da Sociedade Civil (OSCs), sem fins lucrativos, que realizem atividades nas áreas de capacitação e geração de renda, promoção da inclusão social e defesa de direitos humanos no âmbito do município de Manaus.
No valor global de R$ 6 milhões, o Edital de Fomento irá contemplar projetos de até R$ 190 mil. Os projetos das organizações sociais podem ser submetidos ao Fundo Manaus Solidária de 9/9 a 8/10. As propostas devem ser entregues, conforme o edital, de segunda a sexta, das 9h às 11h e das 13h às 16h, na sala da Diretoria Executiva do Fundo Manaus Solidária, na avenida Brasil, nº 2.971, primeiro andar, Compensa I, zona Oeste.

Novo edital de fomento – Foto: Karla Vieira/ Manaus Solidária

Os projetos, assim como no primeiro edital, estão classificados em eixos e devem ser executados no prazo de até 11 meses. Podem concorrer ao edital projetos destinados a: Qualificação e Geração de renda; Inclusão social de crianças e adolescentes; de jovens e adultos; de idosos; de pessoas com deficiência e Defesa de Direitos (mulheres em situação de vulnerabilidade social, pessoas com HIV/AIDS, negros, indígenas, população LGBT, população em situação de rua ou migrantes).

Novo edital de fomento – Foto: Karla Vieira/ Manaus Solidária

De acordo com a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro é indiscutível o valor que as organizações têm para a sociedade, especialmente porque atuam em complementação às ações e projetos executados pelo Poder Público.

“O sentimento que imprimimos no primeiro edital de fomento será o mesmo neste segundo, o de fazer tudo que estiver ao nosso alcance para orientar, sanar dúvidas e auxiliar as organizações para que participem e com o recurso do fomento mantenham ou expandam seus projetos. É uma orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto e um grande desejo meu que mais pessoas em situação de risco social sejam beneficiadas e tenham oportunidades melhores de vida”, afirmou a primeira-dama.

Novo edital de fomento – Foto: Karla Vieira/ Manaus Solidária

Primeiro edital

O primeiro Edital de Fomento do Fundo Manaus Solidária foi lançado no final do ano passado, com valor global de R$ 5,7 milhões, contemplou 31 projetos com o valor máximo de R$ 180 mil cada um e beneficiou mais de seis mil pessoas.
Todas as informações referentes ao Edital de Chamamento Público nº 001/2019-FMS, para a seleção de projetos apresentados por Organizações da Sociedade Civil (OSCs) vão estar disponíveis no site www.manaussolidaria.org, inclusive com opção para download.
Eixos de atuação:

• Eixo I – Qualificação e Geração de renda – voltados à formação e qualificação profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade social, no sentido de possibilitar a sua capacidade de geração de renda e de inserção no mundo do trabalho.

• Eixo II – Inclusão social de crianças e adolescentes – voltados à inclusão social de crianças e adolescentes, até 18 (dezoito) anos incompletos, no sentido de garantir-lhes seus direitos humanos e a condição de dignidade humana, por meio do acolhimento e/ou fortalecimento de vínculos.

• Eixo III – Inclusão social de jovens e adultos – voltados à inclusão social de jovens e adultos em situação de risco ou vulnerabilidade social, até 60 (sessenta) anos incompletos, no sentido de garantir-lhes seus direitos humanos.

• Eixo IV – Inclusão social de idosos – voltados à inclusão social de idosos em situação de vulnerabilidade social, vítimas de abandono ou de violência doméstica, no sentido de restituir-lhes a condição de dignidade humana, por meio do acolhimento e/ou fortalecimento de vínculos.

• Eixo V – Inclusão social de pessoas com deficiência – voltados à inclusão social de pessoas com deficiência, de qualquer natureza, no sentido de restituir-lhes a condição de dignidade humana e de garantir-lhes o acesso aos seus direitos fundamentais.

• Eixo VI – Defesa de Direitos – voltados à defesa dos direitos humanos de mulheres em situação de vulnerabilidade social, pessoas com HIV/AIDS, negros, indígenas, população LGBT, população em situação de rua ou migrantes, por meio de atividades inerentes à formação de pessoal, produção e veiculação de material informativo nessas áreas e/ou atendimento direto ao público-alvo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui