Furacão Dorian se move perto da costa da Flórida com ventos de 165 km/h

Foto: Divulgação

O centro do furacão Dorian se move nesta quarta-feira (4) em paralelo à costa nordeste da Flórida, com ventos máximos constantes de 165 km/h e trazendo fortes chuvas, segundo informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

Os ventos gerados pelo fenômeno podem ser sentidos a uma distância de 95 quilômetros.

Ainda não há informações na Flórida sobre qualquer vítima pela passagem do Dorian. Ontem à noite, já havia casos de pessoas que precisaram de deixar as casas, além de regiões sem fornecimento de energia elétrica.

De acordo com a divisão de emergências do estado americano, durante a manhã, foram registradas 12.600 ocorrências de usuários sem luz. Os condados de Bradford, St. Johns e Volusia são os mais afetados, de acordo com as fontes oficiais.

O governo da Flórida divulgou ontem à noite que 8 mil pessoas estavam nos abrigos nas áreas de ameaça do Dorian.

Às 8h locais (9h de Brasília), o Dorian, atualmente de categoria 2, na escala Saffir-Simpson – que tocou a terra nas Bahamas no domingo, na categoria 5 -, a máxima, estava a 155 quilômetros de Daytona Beach, e 215 quilômetros de Jacksonville, ambas na Flórida.

A previsão é que, com uma velocidade de 13km/h, em direção ao noroeste, mas é esperado que amanhã comece uma guinada rumo ao norte.

O NHC, no entanto, espera para quinta-feira (5) pela manhã uma nova virada para noroeste, com aproximação perigosa das costas de Flórida e Geórgia. Na sexta-feira (6), pode acontecer toque no solo de Carolina do Sul e Carolina do Norte.
Os quatro citados estão em estado de emergência devido ao Dorian, que devastou as ilhas
Ábaco e Grand Bahama, no arquipélago das Bahamas. Apesar do enfraquecimento, que permanecerá acontecendo nos próximos dois dias, o NHC segue alertando para o perigo da passagem do furacão.

Fonte: R7


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui