Mundo

Furacão Michael causa destruição e morte na Flórida

Barcos são danificados pela passagem do furacão Michael — Foto: Douglas R. Clifford/Tampa Bay Times via AP
Escrito por Redação II

Em sua chegada à Flórida ontem quarta-feira (10), o furacão Michael já causou destruição e uma morte. A vítima é um homem, ainda não identificado, que perdeu a vida após uma árvore cair sobre uma casa onde ele estava, na cidade de Greensboro, no condado de Gadsden, a noroeste de Tallahasse.

O furacão Michael, de categoria 4, teve ventos de até 250 km/h. Ele tocou o solo norte-americano no início da tarde desta quarta, na cidade de Mexico Beach, um povoado a 32 quilômetros a sudoeste de Panama City, onde o fenômeno está deixando um cenário de guerra.


Estrutura destruída pela passagem do furacão Michael em Panama City, na Flórida — Foto: Brendan Smialowski/AFP

De acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC), o furacão caiu para a categoria 1, depois que os ventos diminuíram rapidamente, estabilizando em 150 km/h.

Durante a tarde, quando o fenômeno tinha mais força, o vento era tanto que chovia horizontalmente. Segundo o site, escombros foram lançados por toda a parte. Prédios de tijolos foram parcialmente destruídos e muitas árvores caíram. Um repórter da ‘AFP’, que está no local, informou que contêineres de metal, antenas de satélite, pedaços de telhados, árvores e semáforos ficaram espalhados pelas ruas.

Haley Nelson verifica os danos causados pelo furacão Michael à casa de sua família em Panama City — Foto: Pedro Portal/Miami Herald via AP

Autoridades norte-americanas advertiram a população a deixar a faixa noroeste da Flórida, a mais afetada por Michael. Muitos receberam ordens de evacuação obrigatória. No entanto, ontem (10), o governado disse aos moradores que não saíram para ficarem em suas casas, pois já é tarde demais para partir.

Fonte: Noticias ao Minuto

Comentários

comentários

Deixe seu comentário