Gabriel Medina dá show e é campeão da etapa de J-Bay

Gabriel Medina dá show - Foto: Divulgação/WSL

A final masculina da etapa de Jeffreys Bay do Circuito Mundial de Surfe entrou para a história antes mesmo de começar. Com Gabriel Medina e Ítalo Ferreira decidindo o título sul-africano, era a primeira decisão 100% brasileira da história da etapa. E a coroa ficou com Gabriel Medina, seu primeiro título na África do Sul, com muito estilo. Medina anotou 19.50, de um máximo de 20 pontos, contra 16.77 e Ítalo para ficar com a taça.

Com os resultados da sexta de 11 etapas desta temporada, Filipe Toledo, que caiu na semifinal, ficou com a 2ª posição do ranking mundial, atrás apenas do americano Kolohe Andino, que também foi eliminado na semi. Ítalo Ferreira, apesar do vice, subiu da sexta à quarta posição. Medina, que era oitavo, agora é o sétimo. A próxima parada do Tour é nos tubos de Teahupoo, no Taiti, entre 21 de agosto e 1º de setembro – Medina é o atual vencedor.

– É muito bom. É muito difícil ganhar esse campeonato. Eu não estava esperando essa vitória. Tudo isso começou depois da vitória sobre Ryan Callinan, que virei na última onda. Nada é impossível – disse Medina ainda dentro d’água.

A bateria começou forte. Logo de cara, Ítalo Ferreira chegou com o pé na porta, anotando um 9.10 na primeira onda da bateria. Medina demorou um pouco, mas respondeu a altura. Com uma sequência de manobras espetacular em uma onda muito grande, o atual campeão mundial conseguiu um 9.73 e encostou na disputa.

Na reta final, Ferreira conseguiu um 7.67 para colocar pressão no atual campeão mundial e Medina respondeu com outra onda espetacular. Com direito a um tubo sensacional para fechar a onda, Gabriel anotou um 9.77, somando 19.50 e ficando com o título.

Gabriel é o primeiro surfista goofy (que surfa com o pé direito na frente da prancha) campeão em Jeffreys Bay desde 1984, a primeira edição da etapa sul-africana na elite do surfe mundial.

Carissa Moore comemora o título em J-Bay — Foto: Divulgação/WSL

Carissa Moore vence e assume liderança

Entre as mulheres, a havaiana Carissa Moore ficou com o título. Na decisão, Carissa bateu Lakey Peterson por 15.47 a 14.60, em uma bateria decisiva muito disputada. Com o resultado, a havaiana assumiu a liderança do ranking mundial, passando a australiana Sally Fitzgibbons, que foi eliminada nas quartas-de-final pela também havaiana Malia Manuel.

Confira as baterias do dia que fecharam a etapa de J-Bay: 
Quartas-de-final (masculino)
1. Owen Wright (AUS) 14.60 x 15.67 Gabriel Medina (BRA)
2. Kolohe Andino (EUA) 15.43 x 14.10 Adrian Buchan (AUS)
3. Filipe Toledo (BRA) 15.00 x 14.40 Sebastian Zietz (HAV)
4. Kanoa Igarashi (JAP) 12.37 x 15.53 Ítalo Ferreira (BRA)

Semifinais (masculino)
1. Gabriel Medina (BRA) 14.30 x 14.00 Kolohe Andino (EUA)
2. Filipe Toledo (BRA) 14.00 x 17.50 Ítalo Ferreira (BRA)

Final (masculino)
Gabriel Medina (BRA) 19.50 x 16.77 Ítalo Ferreira (BRA)

Semifinais (feminino)
1. Caroline Marks (EUA) 12,67 x 14,33 Carissa Moore (HAV)
2. Malia Manuel (HAV) 11,00 x 15,27 Lakey Peterson (EUA)

Final
Carissa Moore (HAV) 15.47 x 14.60 Lakey Peterson (EUA)

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui