Governo do Amazonas entrega ajuda humanitária para famílias indígenas

Fotos: Divulgação FEI

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação Estadual do Índio (FEI), tem prestado apoio às comunidades indígenas do estado com o envio de ajuda humanitária para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Alimentos, máscaras de proteção e álcool gel foram entregues a mais de duas mil famílias indígenas em São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros da capital) e Manaus, neste fim de semana.
Vinculada à Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), a fundação enviou, na sexta-feira (15/05), por embarcação duas mil cestas básicas, cinco mil máscaras e mil litros de álcool gel que vão atender duas mil famílias de 12 etnias indígenas de São Gabriel da Cachoeira. Neste sábado (16/05), outras famílias da etnia Apurinã, que residem na área da comunidade Campos Sales, zona oeste de Manaus, foram beneficiadas com as doações. As famílias também receberam cestas básicas, máscaras e álcool gel.
Fotos: Divulgação FEI
Desde o início da pandemia no Amazonas, foram contempladas aldeias de outros municípios como Rio preto da Eva, Iranduba, Manacapuru, Silves, Autazes, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Manaquiri, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, Atalaia do Norte; além da capital Manaus, que tem, ao todo, 54 comunidades indígenas.
As próximas comunidades a receberem ajuda humanitária são das regiões dos rios Purus e Madeira, além de áreas do Baixo Amazonas.
Demanda – O diretor-presidente da FEI, Edivaldo Munduruku, ressalta que o auxílio para os indígenas compõe o planejamento do Governo do Estado para o enfrentamento ao Covid-19.
De acordo com ele, o estado somou forças a órgãos Federais, como a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Distrito Sanitário Especial Indígena, que compõe a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde.
Doações – O gestor da Fundação destaca que todos os itens enviados são aquisições feitas pelo Governo do Amazonas, mas que a ajuda da iniciativa privada também é bem-vinda e pode fortalecer o combate ao coronavírus nas aldeias.
Para entrar em contato com a Fundação Estadual do Índio basta enviar um e-mail para [email protected].
Parceria Federal – A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, anunciou o envio de 60 mil cestas pra comunidades indígenas, que estão em processo de aquisição.
Outras ações – Além do envio de ajuda humanitária para as comunidades, a Fundação Estadual do Índio atende e presta apoio, também, a outros movimentos e associações finalidades distintas, compostas por indígenas.
Entre eles está o Movimento dos Estudantes Indígenas do Amazonas (Meiam), formado por estudantes de diversas etnias do estado, sediados no bairro Parque 10, zona centro-sul da capital. E também a Associação das Mulheres Indígenas Sataré-Mawé, que fica no bairro Compensa, na zona oeste de Manaus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui