Governo do Estado entrega cestas básicas para famílias atendidas pela OSC’s

Foto: Diego Peres / Secom

O Governador Wilson Lima deu início, nesta quarta-feira (10/03), a entrega de 11.250 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social assistidas por 21 Organizações da Sociedade Civil (OSC’s). Essas instituições são cadastradas na Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e os alimentos não perecíveis serão repassados durante cinco meses em remessas de 2.250 cestas. A primeira entrega ocorreu na sede da Seas, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

O governador destacou que o auxílio contribui para garantir a segurança alimentar neste momento em que a pandemia da Covid-19 atingiu diversas famílias. “As instituições que trabalham com essas pessoas em condições de vulnerabilidade social foram muito afetadas por conta da pandemia e esse é um gesto do Governo do Estado, que tem sempre se preocupado muito com essa questão social”, destacou Wilson Lima.

O Governo do Amazonas tem trabalhando para garantir a assistência em saúde a quem necessita e, ao mesmo tempo, buscando atender outras demandas da população que sofrem os impactos econômicos e sociais da pandemia. “Estamos trabalhando para encontrar esse equilíbrio da ampliação da nossa rede hospitalar, da flexibilização responsável das atividades econômicas e também olhando para o lado social”, destacou o governador.

Foto: Diego Peres / Secom

Valda Cordeiro, representante do Centro de Formação Vida Alegre, que atende crianças, jovens e adolescentes e moradores de rua, agradeceu a doação. “Todas essas cestas serão muito bem-vindas, muitas pessoas terão alimento na sua mesa, pelo menos durante uns 15 dias eles não terão a preocupação de onde nós vamos comer?”, ressaltou.

A entrega dos alimentos atende um requerimento da deputada estadual Nejmi Aziz (PSD). “Você vê no olhar das pessoas a alegria e a satisfação de estar sendo ouvido. De saber que o Governo do Estado está abraçando o social como um todo porque isso faz a diferença. O governador e os deputados não conseguem chegar a todos os lugares. Essas 21 instituições conseguem chegar nessas famílias que necessitam”, explicou a deputada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui