Grupo Chibatão conquista Certificado de Destaque Ambiental ‘Selo Verde’

Posto Chibatão, investindo na sustenta bilidade/Foto:

Posto Chibatão, investindo na sustenta bilidade/Foto:
Grupo Chibatão, investindo na sustentabilidade/Foto: Divulgação
Posto Chibatão investe na sustentabilidade
Grupo Chibatão investe na sustentabilidade/Foto: Divulgação

Uma empresa com práticas sustentáveis consolidadas e que, ao mesmo tempo, obtém êxito em suas operações e negócios. Com esse desempenho, o Grupo Chibatão foi reconhecido com o Certificado de Destaque Ambiental – Selo Verde, premiação nacional concedida pelo Jornal do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, desde 2005, e premia companhias que operam de forma eficiente e que também preservem os ecossistemas e meio ambiente.

A conquista do certificado é resultado do desenvolvimento e implementação de boas práticas ambientais que reafirmam o compromisso do grupo com a responsabilidade social, ambiental e empresarial. “Este é apenas o primeiro passo de um série de ações duradoras que visam a longo e médio prazo estabelecer um vínculo definitivo de atividades e resultados entre os colabadores, empresa, a Cidade de Manaus e a Amazônia”, declarou o vice-presidente doGrupo Chibatão, Jean Bergson de Oliveira.

Entre as diferentes ações do grupo que visam preservar o meio-ambiente está a utilização de quatro centrais de resíduos sólidos que integram as diversas unidades do Grupo Chibatão e que são capazes de promover o gerenciamento completo dos mais variados tipos de resíduos oriundos de suas atividades, evitando a poluição e minimizando os impactos ambientais e sociais. Cerca de 20 toneladas de resíduos são gerados todos os meses nas unidades do grupo.

“O programa teve inicio no dia 17 de maio de 2012,  e a  partir desta data todos os resíduos gerados pelo grupo, são acondicionados nas centrais de forma separada de acordo com o tipo resíduo, que posteriormente são doados para cooperativas e empresas que realizam sua reciclagem o que é o caso de papel, papelão e plástico e/ou reaproveitamento, o que é o caso de madeira usado em forno de olarias da região e pneus, que são incinerados para a fabricação de cimento. Com isto, o que antes era destinado ao lixão público, hoje um grande percentual retorna para o mercado como produtos acabados, como por exemplo, caixas de papelão” declarou a Coordenadora do Projeto Dicléa Pereira.

Recentemente, o Grupo Chibatão investiu ainda em seis estações de tratamento de efluentes que atendem toda a sua área portuária, com capacidade para 30 metros cúbicos de água por dia, o que garante a reutilização da água, que tem sua purificação de pelo menos 92% antes de ser descartada.

Além disso, é feito grande investimento em gestão de marketing ambiental interno, com realização de campanhas, cursos, palestras, plantio de mudas de árvores nativas da região e treinamentos voltados para a educação de preservação do meio ambiente.

Para se ter ideia, todos os funcionários do grupo passam por integração e capacitação ambiental antes de iniciarem suas atividades, desde o setor administrativo até o setor operacional. Entre os cursos desenvolvidos estão o de gestão de resíduos e de conscientização e controle ambiental, ambos realizados periodicamente.

Outra ação desenvolvida no complexo refere-se ao controle operacional, que inclui as situações de emergência, onde a organização realiza treinamento intenso com suas equipes de brigada de emergência, para prevenir e responder a situações de emergências ambientais, como derramamento de óleo no rio.

Para isso, duas vezes por ano, o grupo realiza simulações do incidente, onde as equipes do setor de meio ambiente e a brigada de emergência realizam a contenção do resíduo (simulado com pipoca) em uma área controlada. Também é feito investimento em kits antipoluição, que entre outros itens, possuem barreiras e mantas absorventes, além de pó granulado para resíduos químicos. Esses kits são distribuídos em locais estratégicos de toda a área do grupo.

Em 2013, a empresa instituiu ainda o dia 15 de março como o Dia Oficial do Meio Ambiente no grupo, onde colaboradores e seus familiares participam de ações de reflorestamento. Na sua última edição, 250 mudas de árvores nativas foram plantadas, isso sem falar da tradicional Semana Ambiental, já realizada em diversas partes do País.

Não bastasse isso, o Grupo Chibatão criou ainda um mascote ambiental, escolhido pelos funcionários, “o João de Barro”, acompanhado de uma cartilha de meio ambiente, distribuída em todo o grupo, com informações sobre o uso consciente de recursos e preservação, bem como, a apresentação de todas as ações de gestão ambiental desenvolvida pelo grupo.

O Grupo Chibatão vem assumindo nos últimos anos uma forte postura ecológica. Os resultados são ganhos econômicos e estratégicos, obtidos por meio de um aumento na produtividade e diminuição de custos. “Pensar sustentável é ir além do que a empresa produz e oferece em produtos e serviços. Nós também levamos essa eficiência para as nossas estruturas, como em nossos terminais portuários”, “diz o Vice-Presidente do Grupo.
6 anex

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui