Homem “descobre” ter 955 anos e não consegue tirar 2ª via de documento

Certidão de nascimento de Raimundo de Queiroz diz que ele nasceu em 1064 — Foto: Reprodução

O autônomo Raimundo Nascimento de Queiroz foi surpreendido ao “descobrir” que tem 955 anos, segundo a certidão de nascimento. No ano passado, ele perdeu documentos pessoais e, ao pedir a segunda via, foi impedido devido à idade.

A data correta seria 12 de outubro de 1964. Porém, emitida em um cartório no interior do Acre há mais de 50 anos, a certidão registrava 12 de outubro de 1064.

Para corrigir o erro, Raimundo recorreu à Justiça. Ontem quinta-feira (23), o Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) divulgou que a Vara de Registros Públicos, Órfãos e Sucessões e de Cartas Precatórias Cíveis da Comarca de Rio Branco determinou a mudança na data.

O advogado do autônomo, Cláudio Diogenes, disse que o cliente o procurou em janeiro para resolver a situação. Ele deu entrada em um pedido de retificação tardia para que a Justiça analisasse o caso.

 

Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui