Homem é preso após tenta furtar fios do lado da delegacia

Foto: Reprodução

MANAUS – A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), entre a noite de quarta-feira (20/01) e a madrugada de quinta-feira (21/01), efetuou, em pontos distintos da capital, a prisão de um homem por tentativa de furto qualificado e de dois homens por furto qualificado.

De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da Derfd, a primeira ocorrência foi deflagrada por volta das 18h20, de quarta-feira, na Rua Sete de Abril, no bairro Alvorada, zona oeste da cidade. Na ocasião, Altair Fernandes de Souza Júnior, 33, foi preso em flagrante delito ao tentar furtar cabos telefônicos.

“Essa prisão ocorreu nas proximidades da delegacia, quando a equipe de polícia observou que uma pessoa havia subido em uma banca de revista para cortar e furtar os cabos de telefonia. De imediato fomos até o local e abordamos Altair, que confessou o crime, alegando que iria extrair o cobre e revendê-lo em sucataria para comprar drogas”, disse o delegado.

Conforme a autoridade policial, sobre da tentativa de furto ocorrer próximo da Especializada, o autor afirmou que pelo horário e por estar em uma região escura, acreditou que a ação criminosa poderia passar despercebida.

A segunda ação, que ocorreu na madrugada desta quinta-feira (21/01), por volta das 1h30, na Avenida Torquato Tapajós, culminou na prisão em flagrante de Erik Batista Rodrigues, 30, e Roberto Ferreira Alcântara, 26, por furto qualificado de cabos telefônicos.

O titular informou que Erik Batista e Roberto Ferreira também confessaram o crime, ambos alegaram que iriam comprar drogas com o valor da revenda do cobre.

Ainda com informações de Goes, a prisão dos infratores procedeu de denúncias, passadas por empresas que prestam serviços de telefonia e internet na capital.

“Usuários de droga comumente praticam furtos em vários locais, sendo sempre denunciados às delegacias da área. Quando o furto atinge as empresas prestadoras de serviços, elas nos comunicam e informam o principal foco dos crimes para que sejam realizadas diligências”, finalizou Goes.

Procedimentos – Altair, que anteriormente já respondeu pelo crime de roubo e cumpriu pena por 8 anos na cadeia pública, desta vez será autuado em flagrante por tentativa de furto qualificado.

Já Erik Batista e Roberto Ferreira foram autuados em flagrante por furto qualificado. Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, ambos foram encaminhados para o Centro de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui