Blindada do tráfico é presa com 11 tabletes de maconha no Porto de Manaus

Foto: Divulgação

Manaus – A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), em conjunto com policiais civis lotados no Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), Delegacia Fluvial (Deflu) e apoio do cão farejador “Odin”, da Receita Federal, realizou na madrugada desta quinta-feira (7/3), por volta das 4h, ação policial que resultou na prisão de Ângela Maria Rocha dos Santos, 18, com 11 tabletes de maconha do tipo skunk. Ao longo dos trabalhos foram apreendidos mais 10 quilos da mesma substância entorpecente no Porto da Manaus Moderna, bairro Centro, zona sul.

Os delegados George Gomes e Paulo Mavignier, diretores, respectivamente, do DPM e Denarc, falaram na manhã desta quinta-feira (7/3), durante coletiva de imprensa, sobre o resultado da ação. De acordo com Mavignier, as equipes estavam realizando abordagens em embarcações no Porto da Manaus Moderna quando encontraram Ângela em um barco vindo de Coari, município distante 363 quilômetros em linha reta da capital.

“Durante buscas na embarcação identificamos que ela correu para o banheiro e se trancou no lugar. Pedimos que ela saísse e, minutos depois, Ângela se entregou. Com ela apreendemos uma mala de cor vermelha contendo 11 tabletes de maconha do tipo skunk. Em continuidade aos trabalhos, vistoriamos outro barco que vinha de Jutaí, município distante 751 quilômetros em linha reta da capital, onde apreendemos uma mala com mais dez quilos da mesma substância ilícita”, explicou Mavignier.

Foto: Divulgação

Conforme o diretor do Denarc, a droga foi localizada em uma mala de cor preta, escondida atrás do freezer, durante buscas que contaram com o reforço do cão “Odin”, da Receita Federal. Mavignier destacou que o proprietário da mercadoria ilícita não foi encontrado, no entanto, as diligências em torno do caso irão continuar para identificar, localizar e prender o responsável pelo transporte da substância entorpecente.

Flagrante – Ângela foi autuada em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na base do Denarc, ela será levada para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

O diretor do DPM ressaltou que a Polícia Civil do Amazonas tem trabalhado diuturnamente no combate ao tráfico de drogas no Estado, impedindo que substâncias entorpecentes cheguem ao local de destino e sejam distribuídas. “Estamos fazendo operações diárias, apreendendo drogas antes de entrar em Manaus e planejamos continuar com essas ações no combate à distribuição desses entorpecentes”, enfatizou o delegado George Gomes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui