Inaugurada a primeira etapa do Hospital Universitário Getúlio Vargas, em Manaus

Autoridades presentes à cerimônia de inauguração/Foto: Valdo Leão

Foi inaugurada na manhã de hoje, sexta-feira (25), a primeira etapa do novo Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) que, segundo previsão, deve iniciar o atendimento ao público, a partir do dia 16 de dezembro A cerimônia, contou com a presença do governador do Amazonas, José Melo, que falou do reforço que a unidade trará para a saúde no Estado, e do representante do ministro de Educação Mendonça Filho, o ex-secretário Rossiele Soares.
“Esse é o presente de Natal que a população de Manaus vai receber. Esse hospital tem feito uma falta muito grande, pois na falta dele, só a rede do Estado oferece serviços de ortopedia e traumatologia, o que causa uma sobrecarga muito grande ao Hospital Adriano Jorge. Com essa inauguração, vamos diminuir a fila que temos de pessoas que precisam desses atendimentos”, disse o governador.

O governador José Melo, ao lado da reitora da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Márcia Perales Mendes Silva, do secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Rossieli Soares da Silva, entre outras autoridades, descerrou a faixa de inauguração desta primeira etapa das obras do novo HUGV. Próximo à Galeria de Gestores da Ufa, Melo discursou.  De acordo com o governador, atendimentos neurológicos, a realização de exames de imagens como ressonâncias e tomografias, hemodiálises, feitos apenas na rede estadual, poderão ser também realizados na unidade inaugurada nesta sexta-feira. “Além de tudo isso, o novo HUGV ainda vai contribuir para a formação dos nossos futuros médicos”, completou Melo.

Autoridades presentes à cerimônia de inauguração/Foto: Valdo Leão
Autoridades presentes à cerimônia de inauguração/Foto: Valdo Leão

Rossieli Soares da Silva representou o ministro da Educação, Mendonça Filho, na cerimônia de inauguração. Segundo ele, as obras da segunda fase do hospital começarão já nos próximos meses. “Este é sem dúvidas um dos hospitais mais modernos do país e hoje, com a entrega à população do Amazonas, vai ampliar consideravelmente o atendimento e ainda contribuir para a formação dos estudantes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Ou seja, o ministério está ampliando o investimento na saúde e na educação com os hospitais universitários”, completou.

Novo HUGV – A nova estrutura do hospital, além de dobrar a capacidade física da unidade de saúde e oferecer novos exames como de ressonância magnética e hemodinâmica, torna a unidade a única equipada com um heliporto, no Amazonas. As obras do HUGV foram iniciadas em 2012 e custaram R$ 101 milhões, com 33 mil metros quadrados de área construída, já se contando com a segunda etapa, que foi orçada em conjunto.

A estrutura que está sendo entregue tem 13 pavimentos que comportam Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Centros Cirúrgicos, Central de Material e Esterilização, quatro andares de Enfermaria, garagens e o heliponto.

Todas as onze salas cirúrgicas possuem aparelhos de videocirurgia, na nova estrutura. Além disso, o Centro de Imagem está dotado de aparelhos de endoscopia digestiva alta, colonoscopia; broncoscopia; equipamentos para ressonâncias magnéticas; tomografias computadorizadas; ultrassonografias; mamografias e aparelhos de raio-X nas modalidades fixo e telecomandado, que somam R$ 25 milhões em equipamentos para o hospital.

A nova estrutura mantém os, aproximadamente, 950 profissionais, entre médicos, enfermeiros, e demais especialistas e colaboradores. A capacidade plena do hospital somente será atingida após a conclusão da segunda etapa da obra, que tem início nos próximos meses.

As novas instalações do HUGV, em Manaus/Foto: Valdo Leão
As novas instalações do HUGV, em Manaus/Foto: Valdo Leão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui