Inter tenta escapar do rebaixamento contra o Fluminense no RJ

Inter correndo risco do rebaixamento contra o Flu/Foto: Divulgação

O mais vergonhoso capítulo da vitoriosa história do Internacional pode ser escrito hoje, domingo (11), às 17h00 (de Brasília), quando o time visita o Fluminense no Estádio Giulitte Coutinho, em confronto válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Se não conseguir vencer, o Colorado estará rebaixado para a Série B pela primeira vez. O drama é ainda maior, pois nem mesmo o triunfo é garantia de permanência na elite nacional.
Com 42 pontos, o Internacional abre a zona de rebaixamento. Ganhando, vai precisar torcer para que o Sport, que tem dois pontos a mais, não vença, em Pernambuco, o já rebaixado Figueirense. Outra fonte de salvação, essa bem menos provável, é golear por cinco gols de diferença e torcer para que o Vitória, que tem 45 pontos, seja derrotado pelo Palmeiras na Bahia.

“Temos que seguir acreditando e fazendo a nossa parte dentro de campo. Se a gente não acreditasse que era possível, sequer entraríamos em campo e estaríamos trabalhando a semana inteira. O futebol tem sido marcado pelo equilíbrio e vamos procurar fazer o nosso papel, acreditando que a rodada possa ajudar”, disse o técnico do Inter, Lisca.

Inter correndo risco do rebaixamento contra o Flu/Foto: Divulgação

O que pode ajudar o Internacional é o fato de o Fluminense apenas cumprir tabela, na 12ª posição, com 49 pontos conquistados. Há nove jogos sem vencer no Brasileiro, o Tricolor, porém, não parece muito disposto a facilitar para o Colorado.

“Posso dizer que no que depender de nós o Inter será rebaixado, sim. Vamos fazer o nosso máximo. A nossa parte é entrar e vencer o jogo. O clube é gigante e quem veste essa camisa não pode ter outro pensamento que não seja vencer. Já são nove jogos sem vitória e isso é algo que incomoda bastante o grupo e o nosso torcedor. Um clube da grandeza do Fluminense não pode ficar tanto tempo sem vencer. Vamos lutar por cada palmo do gramado”, afirmou o goleiro Júlio César.

O técnico Marcão, de forma mais amena, também espera a vitória. “Espero que o grupo consiga colocar em prática tudo o que treinamos nos últimos dias, pois foi uma semana de muita dedicação. Estamos motivados, pois não há motivação maior do que vestir a camisa do Fluminense. Após acabar o campeonato vamos sentar com o Abel Braga e passar para ele um relatório do que estamos conseguindo analisar neste período. E os jogadores sabem como é importante se entregar em campo”, avaliou Marcão.

Os colorados realmente não esperam contar com nenhuma ajuda do Fluminense e também não querem pensar nos resultados que lhe interessam.

“Mesmo que os resultados que necessitamos aconteçam, o Internacional só vai atingir o seu objetivo de vencer o seu jogo e por isso mesmo não podemos pensar em nada que não seja o Fluminense, que se torna ainda mais perigoso por ser um franco-atirador”,  declarou o arqueiro Danilo Fernandes.

Em termos de escalação, Lisca abusa do mistério e só vai divulgar o time minutos antes da partida. A grande dúvida está no ataque, onde Vitinho disputa posição com Gustavo Ferrareis.

Pelo lado do Fluminense, nada de mistério. Marcão vai dar uma oportunidade ao jovem zagueiro Nogueira, uma das crias da base e das principais apostas do clube. Ele vai compor dupla com Henrique, já que Gum entrou de férias mais cedo. Também de férias, o volante Pierre não joga. Outro desfalque é o meia Cícero, que cumpre suspensão pelo acúmulo de cartões amarelos. O comandante tricolor dará chances a alguns jogadores que ainda não renderam o esperado, caso do atacante Henrique Dourado, que chegou com status de substituto de Fred, mas acabou amargando a reserva.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, as duas equipes e enfrentaram no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e empataram por 2 a 2. Naquela ocasião, o venezuelano Seijas e Fernando Bob anotaram os gols dos colorados, com Gustavo Scarpa marcando duas vezes para os cariocas.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE-RJ X INTERNACIONAL-RS

Local: Estádio Giulitte Coutinho, em Mesquita (RJ)
Data: 11 de dezembro de 2018, domingo
Horário: 17h00 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Carlos Berkenbrock (ambos de SC)

FLUMINENSE: Júlio César, Wellington Silva, Nogueira, Henrique e William Matheus; Douglas, Edson e Gustavo Scarpa; Wellington, Richarlison e Henrique Dourado
Técnico: Marcão (interino)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes, William, Paulão, Ernando e Alex; Anselmo, Rodrigo Dourado, Anderson e Valdívia; Vitinho (Gustavo Ferrareis) e Nico López
Técnico: Lisca

Jogos que completam a última rodada do Brasileirão-16, todos às 15h00, de Manaus:

Vitória x Palmeiras, no Barradão

São Paulo x Santa Cruz, no Pacaembu

Santos x América Mineiro, na Vila Belmiro

Cruzeiro x Corinthians, no Mineirão

Grêmio x Botafogo, na Arena do Grêmio

Atlético Paranaense x Flamengo, na Arena da Baixada

Chapecoense x Atlético Mineiro, na Arena Condá

Ponte Preta x Coritiba, no Moisés Lucarelli

Sport x Figueirense, na Ilha do Retiro

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui