Ipaam e Aneel discutem status de usinas termelétricas do Amazonas

Foto: Divulgação

Representantes do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) se reuniram, na tarde ontem quinta-feira (14/11), em Brasília, com titulares da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para discutir sobre o andamento do licenciamento de usinas termelétricas que estão sendo implementadas no Estado do Amazonas.

Na oportunidade, o diretor-presidente do Ipaam, Juliano Valente, explanou a situação do licenciamento ambiental dos Produtores Independentes de Energia dos Sistemas Isolados do Estado. “É importante para nós [do Ipaam] ter esse acompanhamento com os representantes da Aneel, assim fazemos com que o trabalho prossiga com mais transparência e, se possível, com mais agilidade”, disse Valente.

Ainda segundo o diretor-presidente, a equipe técnica do Ipaam se reunirá com as empresas participantes do processo para alinhar as pendências processuais. Até a primeira quinzena do mês de dezembro, serão aplicados workshops de licenciamento e monitoramento aos técnicos das empresas.

Esforços – O Ipaam realizou 54 vistorias em usinas termelétricas no Amazonas. Até o atual momento já foram previamente licenciados mais de 90% dos Produtores Independentes de Energia e 91,01% das usinas termelétricas foram instaladas.

Foto: Divulgação

Além dos representantes do Ipaam, participaram da reunião os responsáveis da Agrekko Energia, da PowerTech Engenharia (empresas distribuidoras de energia elétrica), da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica (Apine) e o deputado estadual João Luiz.

De acordo com João Luiz, a reunião com Aneel foi produtiva, visto que foram colocados em pauta as dificuldades da implementação das usinas, bem como as providências e alternativas cabíveis a serem tomadas pelos órgãos. O deputado declarou que tanto o parlamento estadual quanto o Ipaam estão contribuindo para o desenvolvimento do Amazonas.

“O Ipaam está fazendo a sua parte, que é fiscalizar a instalação dessas novas usinas termelétricas, e nossa expectativa é que as empresas responsáveis irão garantir melhores serviços e fazer com que o Amazonas avance e se desenvolva ainda mais”, disse João Luiz.

Aneel – A Agência Nacional de Energia Elétrica é responsável pela regularização e fiscalização da produção, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui