Jair Bolsonaro age como se fosse ditador da Nicarágua

Foto: Divulgação

Quando um pai pega o filho cometendo um delito e o entrega para a política, como em muitos casos já vistos pelo Brasil, o povo de bem aplaude e apoia dizendo: ‘olha, parabéns a esse pai, que exemplo’.

Por que no caso de Bolsonaro a coisa tem de ser diferente?

Presidente precisa dar exemplo a todos os pais e a toda a Nação. Senão, não passa de um paim de bosta, cúmplice de delitos de filhos mutreteiros. Simples assim.

Para ditadores maníacos e canalhas, a culpa nunca é das merdas que fazem e falam, mas sim da imprensa, sobretudo, da imprensa livre e independente que expõe os fatos a nu e cru.
Assim age Bolsonaro. Os filhos fazem e falam merdas, seguindo sua cartilha.

QUEM AMA, EDUCA. Dizia Saulo de Tarso, mais conhecido como apóstolo Paulo.
Jair, no entanto, prefere agir como o ditador da Nicarágua que enfiou toda a família no poder, incluindo a esposa como Vice-presidente de um governo que na verdade é uma ditadura sandinista.

Ou seja, ao invés de educar os filhos, fazer que o laranjeiro pague pelos seus crimes ele se cala ou pior, passa a mão na cabeça, faz acordões com o lixo da política nacional para blindar-se e blindá-los.

Para arrematar, vai no Twitter e diz que a imprensa vai destruir o Brasil, chamando a todos de EXTREMA IMPRENSA, exceto os Terça Livre, Conexão Política, Jornal da Cidade, Folha do Brasil e outros que mamam nas tetas do governo através de cargos de assessores de deputados do PSL, entre outros cambalachos.

Não Bolsonaro.

Quem está terminando de matar o Brasil e o povo é você e seus filhos imbecis com seus acordões com a máfia política que junto do PT-MDB–STF-TSE-ETC e CARTEL DAS EMPREITEIRAS, CARTEL DAS CARNES PODRES, CARTEL DOS PEDÁGIOS, CARTEL DO PETROLÃO, CARTEL DO ELETROLÃO, TODOS OS PARTIDOS E 99,9% DOS POLÍTICOS, quebraram o Brasil.

A real é só uma: QUEM AINDA ACREDITA EM BOLSONARO E SUA TRUPE DE ABESTADOS é que vai destruir o Brasil de vez.

Ponto.

Fonte: Folha Centro Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui