Josué Neto é homenageado pela Academia Amazonense de Letras

Josué Neto é homenageado com Medalha do Centenário - Foto: Joel Arthus

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Josué Neto (PSD), recebeu, na noite desta quinta-feira (23), a Medalha do Centenário da Academia Amazonense de Letras, em homenagem à sua trajetória política sempre alinhada à melhoria da Educação do Amazonas e do incentivo ao trabalho da Academia Amazonense de Letras. “Concedo esta medalha ao presidente da Assembleia Legislativa em agradecimento desta Academia e como reconhecimento de uma nova liderança política do estado do Amazonas”, disse o presidente da Academia Amazonense de Letras, Robério Braga.

Em seu discurso de agradecimento em nome dos trinta e um homenageados com a Medalha do Centenário, o presidente Josué Neto reafirmou seu compromisso em apoiar a Academia Amazonense de Letras e agradeceu ao deputado Serafim Corrêa (PSB) pelo ensinamento e amizade dentro e fora do parlamento estadual.

“Agradeço ao presidente desta Academia pela honra de receber esta homenagem a qual quero dividir com muito carinho com o deputado Serafim Corrêa, amigo e conselheiro e que verdadeiramente deveria estar aqui a agradecer em nome dos homenageados. Ao deputado Serafim, meu muito obrigado pela ajuda diária em exercer o meu trabalho”, afirmou Josué Neto.

Josué Neto é homenageado com Medalha do Centenário – Foto: Joel Arthus

Além do presidente, a deputada Alessandra Campelo (MDB), também foi homenageada com a Medalha do Centenário. Vice-presidente da Mesa Diretora da 19ª Legislatura, a deputada foi homenageada pelo presidente ao lembrar da escritora Violeta Branca Menescal de Vasconcelos, primeira mulher no país a integrar uma Academia de Letras.

“O Amazonas, sempre na vanguarda, teve a primeira mulher membro de uma academia de letras. Fato este que inspiraram ainda mais as mulheres do nosso Amazonas. Tanto que hoje tenho a alegria de dizer que divido o Parlamento Estadual com quatro mulheres competentes, entre elas a deputada Alessandra Campêlo com quem também divido essa homenagem”, disse o presidente.

Representando todos os homenageados, Josué Neto afirmou que fará coro pela defesa da democracia em nosso país e contra o emudecimento da esperança por um Amazonas melhor para todos. “Hoje, nós, homenageados, fazemos coro ao canto de esperança, nos colocamos contra a cegueira, o emudecimento. Fazemos coro na defesa da democracia, do conhecimento, da transparência, na defesa do Amazonas, da literatura, da boa política, mas, principalmente, fazemos coro na luta pelo ensino, pela educação e pela oportunidade de aprendizado. Que Deus ilumine a todos nós e este Estado possa passar por todos esses momentos de dificuldade”, disse Josué Neto.

Além do presidente Josué Neto, foram agraciados com a Medalha do Centenário os parlamentares Dermilson Chagas (PP), Ricardo Nicolau (PSD), Serafim Corrêa e Alessandra Campêlo, além do ex-deputado Carlos Alberto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui