Jovens são presos em Boa Vista do Ramos por crimes distintos

Foto: Divulgação/ Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da 46ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Boa Vista do Ramos, sob o comando do gestor Aloisio Lopes, deflagrou na manhã de ontem quinta-feira (28/2), por volta das 6h, em conjunto com policiais militares que atuam naquele município, distante 271 quilômetros em linha reta da capital, ação policial que culminou no cumprimento de mandados de prisão preventiva em nome de dois jovens, de 22 e 24 anos, por crimes distintos.

Conforme Aloisio Lopes, Edvan Valdir Gaia Goudinho, 22, foi denunciado por populares pelo fato de fazer parte de uma organização criminosa que atua no local e frequentemente ser visto com elementos que exibem armas de fogo pelas ruas daquele município. Na manhã de quinta-feira (28/2), por volta das 6h, as equipes policiais conseguiram prender o infrator na comunidade São Benedito, zona rural de Boa Vista do Ramos.

“O mandado de prisão preventiva em nome de Edvan, pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, praticados na capital em março de 2014, foi expedido no dia 13 de novembro de 2017, pela juíza Lídia de Abreu Carvalho Frota, da 4ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute). Na época, o infrator foi encontrado com substâncias entorpecentes, armas de grosso calibre e munições. Esse elemento, considerado de alta periculosidade, tem passagem, ainda, por homicídio”, explicou o gestor da 46ª DIP.

Foto: Divulgação/ Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

Aloisio Lopes informou que ao longo da ação policial, um jovem de 24 anos foi preso ontem quinta-feira (28/2), por volta das 6h, na comunidade Vila Manaus, em cumprimento a mandado de prisão por tentativa de estupro praticada em 2015, contra a própria prima dele, uma jovem de 25 anos, que na época do crime tinha 21 anos de idade.

“Em depoimento, a vítima relatou que o infrator a convidou para comprar refrigerante e que, em razão do grau de parentesco entre eles, ela subiu na motocicleta que ele conduzia. O jovem então mudou o trajeto e a levou para uma estrada do município, com a intenção de estuprá-la. A vítima, desesperada, resolveu pular da moto e saiu correndo em direção a um matagal. Ela ainda foi perseguida pelo primo, mas conseguiu se esconder. Então ele voltou para a estrada para pegar a moto que estava conduzindo e empreendeu fuga”, explicou o gestor da 46ª DIP.

Indiciamento – Edvan foi indiciado por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, devido à alta periculosidade do infrator, ele será transferido para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) em Manaus, onde irá ficar à disposição da Justiça.

Já o jovem de 24 anos foi indiciado por tentativa de estupro e deverá permanecer na carceragem da 46ª DIP, que funciona como unidade prisional em Boa Vista do Ramos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui