Juiza federal decide que Nafice Bacry Valoz não é ré na ‘Operação Vertex’

Decisão judicial diz que ex-secretária de Relações Institucionais do Amazonas no governo Amazonino, não é ré na ‘Operação Vertex’ – foto: Facebook

Nafice Bacry Valoz não foi indiciada pela autoridade policial, tampouco denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF), que opinou de forma favorável ao pedido de revogação das cautelares.

A juíza da 4ª Vara Federal Criminal do Amazonas Ana Paula Serizawa Silva Podedworny revogou todas as medidas cautelares contra a ex-secretária de Relações Institucionais do Amazonas Nafice Bacry Valoz decretadas pelo Juízo da 2ª Vara Federal, à época responsável pela instrução dos autos no âmbito da “Operação Vertex”, em julho de 2019.

De acordo com o despacho, Nafice “não é ré em nenhuma ação penal oriunda da “Operação Vertex”, ou outro desdobramento da “Operação Maus Caminhos””.

A juíza decidiu a favor do argumento da defesa da ex-secretária que, em síntese, diz que não subsiste a necessidade de manutenção das medidas, pois ele não foi indiciada pela autoridade policial, tampouco denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF), que opinou de forma favorável ao pedido.

Nafice encontrava-se submetida a medidas cautelares, tais como proibição de se ausentar do país, comparecimento mensal em juízo para justificar suas atividades, dentre outras. “Defiro o pedido de revogação de cautelares apresentado pela defesa de Nafice Bacry Valoz Após, sem manifestações, suspendam-se os autos”, decidiu a juíza.

Nafice chegou a ser presa durante a ‘Operação Vertex’ e libertada, logo após, devido a sua condição de saúde. Desde lá, a defesa da ex-secretária vem apontando que não haviam razões para a sua prisão preventiva devido a sua cliente já ter prestado esclarecimentos.

Rádio Mix – Amazonas

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui