Justiça condena empresa de ônibus Global a pagar férias ou multa diária de R$ 1 Mil

Empresa Global é condenada a pagar férias atrasadas - foto: arquivo/sindicato

Sindicato dos Rodoviários entrou com pedido de liminar no Tribunal Regional do Trabalho, 11ª Região, para obrigar a empresa de ônibus Global a pagar as férias dos trabalhadores em dias.

Com a decisão da Justiça do Trabalho, a Global é obrigada a pagar todos as férias em dias e poderá sofrer nova sanção para resolver os atrasados das férias sob pena de multa, destaca o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir Oliveira. Ele também informa que a empresa não pode se abster do pagamento sob pena de pagar R$ 1.000,00 de multa diária em caso de descumprimento da decisão judicial.

Presidente Givancir Oliveira comemora decisão e diz que vai exigir de outras empresas – foto: divulgação/Sindicato

Givancir alerta os trabalhadores a não ‘assinar nenhum documento’ antes de receber as férias, a partir de agora. “Não assinem férias, procure o sindicato se eles apresentarem algum tipo de documento e não esqueçam de levar a carteira de trabalho, INSS, FGTS para ser conferidos“, destaca.

O sindicalista diz que também vai entrar com pedido de liminar na Justiça do Trabalho para que a empresa pague o FGTS, o INSS e outros atrasados.

Leia a decisão:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui