Amazonas Destaques Formal & Informal

Justiça manda Alecrim, Elias e Lobo cumprir prisão domiciliar (Melo está solto)

Ex-secretários do Custo Político foram liberados para cumprir prisão domiciliar.
Redação
Escrito por Redação

Os ex-secretários Wilson Alecrim e Pedro Elias, da saúde e Afonso Lobo da Secretaria de Fazenda, passaram por audiência de custódia e conseguiram serem liberados para cumprir prisão domiciliar.

O ex-governador José Melo (Pros), que também foi preso na operação Custo Político da Polícia Federal, está nesse momento, passando por audiência de custódia e poderá também, ser liberado pela justiça, para cumprir prisão domiciliar ou ser revogada a sua prisão, segundo a sua defesa.

Ex-secretários do Custo Político foram liberados para cumprir prisão domiciliar.

Ultima nota… atualizada.

O Juiz federal plantonista, Ricardo Salles, da 3ª Vara da Justiça Federal do Amazonas terminou de revogar a prisão temporária do ex-governador José Melo. Ele foi solto sem nenhuma restrição, ao contrário dos outros três ex-secretários, que terão que cumprir prisão domiciliar.

E-governador José Melo volta para casa, livre.

Nas primeiras horas da manhã, chegou a ser divulgado pela assessoria da Justiça Federal e pela assessoria do Ministério Público Federal do Amazonas (MPF-AM), que o ex-governador José Melo (Pros) ficaria preso até o Reveillon.

A informação era de que a Justiça Federal teria prorrogado sua prisão temporária por mais cinco dias. Agora à noite, o juiz plantonista Ricardo Salles mudou a história, liberando José Melo sem nenhuma restrição.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.