Ladrões da Pista da Raquete fazem barricadas para roubar ônibus

Motoristas e passageiros volta a ser ameaçados na Pista da Raquete - foto: divulgação

Pouco mais de dois meses de trégua, os ladrões de ônibus que infestavam a Pista da Raquete, no bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste de Manaus, voltaram a atacar o transporte Especiais, que leva trabalhadores para o Distrito Industrial.

Nessa quarta feira (11), um bando de ladrões fizeram barricadas, às 4h30 da madrugada, com material descartável – carcaças de geladeiras, resto de construção, pneus -, para tentar roubar as rotas de novo.

“Tentaram roubar várias rotas essa madrugada, mas os motoristas conseguiram desviar do cerco”, disse o diretor do sindicato dos Transportes Especial (Sindespecial), Gabriel Enock.

O risco aumenta na Pista da Raquete durante a madrugada – foto: arquivo

Ano passado o sindicato fez várias intervenções junto às autoridades policiais e de trânsito, para que o serviço público retirasse dois quebra-molas, que existiam na Pista da Raquete, dentro do bairro Grande Vitória.

Os quebra-molas serviam de barricada para os ladrões assaltarem os ônibus. Na época, a Polícia conseguiu prender um bocado deles.

Diante do risco de nova onda de roubos, os diretores do Sindespecial, estão pedindo das autoridades policiais, que voltem ao local e corte o ‘mau pela raiz’. “Os motoristas precisam de segurança para trabalhar e os passageiros não podem correr risco de morte por causa de bandido pé-rapado”, observa.

Áudio de um motorista, alertando o perigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui