Leilão de veículos do Detran é oportunidade para compra de seminovos

Fotos: Bruno Zanardo/Secom

Um total de 650 veículos foram colocados a leilão pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) e podem ser adquiridos com valores bem abaixo dos praticados no mercado de seminovos, de acordo com o diretor-presidente do órgão, Leonel Feitoza. O leilão, que teve início nesta sexta-feira, dia 14, segue até o sábado, dia 15, das 8h às 17h. Ao todo, são 600 motocicletas e 50 carros, que estão expostos no pátio do Leilão Manaus, na avenida Torquato Tapajós, bairro Flores.

O diretor-presidente do Detran-AM diz que as facilidades para compra e pagamento também chama a atenção dos clientes, além da situação regular do veículo junto ao órgão de trânsito. “A primeira vantagem desta modalidade é que os preços são bastante acessíveis. Além disso, quando você compra um carro no leilão do Detran, você tem a procedência desse veículo. Antes dele ir a leilão, nós fazemos toda a cadeia documental que vai desde o emplacamento. O comprador sabe que sairá com um veículo regularizado”, destaca.

Fotos: Bruno Zanardo/Secom

Outro ponto destacado por Leonel é que os veículos leiloados já tiveram as taxas obrigatórias pagas, como o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT). “Quando o arrematante adquire o bem, ele leva o veículo sem nenhuma dívida. Quem compra o veículo aqui recebe o carro limpo, sem dívida de IPVA, DPVAT ou multa. Essa é a vantagem porque você saí com um carro de procedência e sem problemas de documentação”, pontuou.

Revenda – O autônomo José Alexandre começou a comprar veículos em leilões há três anos. O negócio gera para ele uma renda extra. Ele, que chegou cedinho no espaço, arrematou uma moto e até sábado pretende sair do leilão com pelo menos cinco motocicletas. “A gente trabalha com compra e venda de motos. Arremata aqui com um preço mais baixo e leva elas para uma reforma. Com isso, conseguimos vender lá na frente por um preço ainda melhor. É um bom negócio”, comentou.

Fotos: Bruno Zanardo/Secom

O veículo arrematado por José custa em média R$ 3 mil reais no mercado. No leilão, ele foi vendido por R$ 1.200. Para garantir a compra, o Detran-AM e a empresa organizadora do leilão pedem no ato da compra um caução de 25% do valor. Todos os cálculos são feitos no local de venda por uma equipe de atendentes.

Avaliação – Os interessados em participar podem avaliar os veículos que estão em exposição no local de realização do leilão. Quem arremata um carro ou moto já sai com a documentação encaminhada para pagamento que pode ser realizado via transferência bancária ou cartão de débito.

Além deste, o Detran-AM pretende realizar outros leilões no decorrer do ano. Segundo Leonel Feitoza, o Departamento possui mais de 30 mil veículos aptos para serem leiloados. “Este já é o segundo leilão do ano. Em 30 dias, pretendemos fazer um novo leilão, pois em nossos pátios temos mais de 24 mil motocicletas aptas a irem a leilão, além de sete mil carros”, explica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui