Líderes na Libertadores Santos e Palmeiras duelam no Paulistão

Dorival Junior e Eduardo Batista, o duelo dos técnicos/Foto: Arquivo

Únicos representantes paulistas na Taça Libertadores da América, na qual lideram seus grupos, Santos e Palmeiras aproveitam a parada dos compromissos no torneio continental para traçar seus destinos no Campeonato Paulista. Com rivalidade acirrada nos dois últimos anos, quando disputaram diretamente títulos estaduais e nacionais, ambos se encontram em clássico às 18h30 (de Brasília) deste domingo, na Vila Belmiro.
Situação no Paulista
O Peixe ocupa o terceiro lugar do grupo D, fora da zona de classificação para as quartas de final. A quatro rodadas do final da primeira fase, o time está a um ponto do segundo colocado, o Mirassol, e a dois da Ponte Preta, líder da chave. Se ganhar o clássico, assume a ponta e respira mais tranquilo. Caso empate, sobe para a segunda posição por ter maior saldo de gols do que o Mirassol (ambos têm o mesmo número de vitórias, primeiro critério de desempate).

Dorival Junior e Eduardo Batista, o duelo dos técnicos/Foto: Arquivo

Fala, Dorival Júnior!
– Palmeiras x Santos tem sido um grande clássico. Espero que joguemos a partida com respeito, que as situações se decidam em campo e não como em partidas anteriores, quando muitas coisas foram faladas. (Nossa situação no Paulista) É preocupante. Vamos à luta por uma das duas vagas. Temos certeza que iremos buscar pelo espírito de recuperação que estou sentindo.
Eduardo Baptista Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Baptista sonha alto (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

COMO ESTÁ O PALMEIRAS

Situação no Paulista

O Verdão lidera o grupo C do Paulistão com 18 pontos e, se vencer o Santos, já assegura a classificação para as quartas de final com antecedência. Além disso, caso some três pontos na Vila Belmiro e o Corinthians não derrote a Ferroviária em Araraquara, o Palmeiras passa a ter a melhor campanha geral, o que dá vantagem de atuar em casa no mata-mata.

Fala, Eduardo Baptista!

– Pode ser falha minha, mas não sei a classificação do Santos. Nossa preocupação é ganhar e entrar bem na fase final com primeira colocação da chave e a melhor campanha geral. O Palmeiras, com tudo que investiu, tem esse objetivo. E a vitória será importante para nos dar margem para, nas próximas rodadas, usar quem não tem jogado sempre e descansar quem jogou mais, para equilibrar.

Ficha técnica do clássico:

Local: Vila Belmiro, em Santos
Data e horário: domingo, às 18h30 (de Brasília), 17h30 de Manaus

Escalação provável do Santos: Vladimir; Victor Ferraz, David Braz, Lucas Veríssimo e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira

Escalação provável do Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo; Michel Bastos, Guerra, Tchê Tchê e Dudu; Borja

Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza apita a partida, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui