Lobão recua e Braga não vai para Ministério, por enquanto

Senador Eduardo Braga(PMDB/Am)/Foto: Arquivo Senado

Senador Eduardo Braga(PMDB/Am)/Foto: Arquivo Senado

O senador Eduardo Braga pode não ir para o Ministro das Minas e Energia, conforme foi noticiado, em primeira mão, pelo portal Correio da Amazônia, porque o atual ministro Edison Lobão (PMDB), preferiu não se “arriscar”, nesse primeiro momento, no anúncio de que estaria deixando o ministério para se candidatar ao governo do Maranhão, disse uma fonte palaciana.

Por causa dos escândalos registrados no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Estado governado por Roseana Sarney (PMDB), Lobão se sentiu inseguro em deixar o comodismo da pasta no Ministério das Minas e Energia, para arriscar uma candidatura pemedebista, em meio ao estado de calamidade, que se instalou no sistema penitenciário do Maranhão.

As dezenas de mortes registradas no local decorrem de uma luta feroz entre prisioneiros de grupos rivais, que reúnem de um lado os criminosos de São Luís e de outro os condenados do interior do estado. E tudo isso, está sendo creditado ao descaso com o que o PMDB do senador José Sarney vem conduzindo a política maranhense a mais de 50 anos e, de uma forma direta, respinga em qualquer candidatura pemedebista, no caso, a candidatura de Edison Lobão.

Com o recuo do titular da pasta, o senador Eduardo Braga volta à estaca zero até que novas portas se abram para abriga-lo. O certo é: o caminho em direção a um dos ministérios de Dilma Rousseff está mais perto do que a uma candidatura ao governo do Estado do Amazonas, afirmou um dirigente petista, na direção nacional do partido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui