Madeireira irregular é multada em R$ 300 mil no município de Humaitá

Foto: Divulgação/Ipaam

Durante as fiscalizações realizadas pelos agentes estaduais na operação Tamoiotatá uma madeireira, que estava sendo usada de forma irregular, foi multada em R$ 300 mil. A ação ocorreu na BR-319, no município de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus), neste (16/10).

Foto: Divulgação/Ipaam

De acordo com o relatório da ocorrência, a área foi encontrada após monitoramento remoto feito pelas equipes. O responsável pela madeireira foi autuado por descumprimento de normas e legislação ambientais. Segundo o relatório, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM) solicitou a suspensão da madeireira através dos Documentos de Origem Florestal (DOF).

Participaram da ação agentes do Ipaam, do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPamb), do 1° Batalhão de Choque  e do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM).

Foto: Divulgação/Ipaam

Operação Tamoiotatá – Desde o início de abril, o Governo do Estado atua na repressão ao desmatamento ilegal nos municípios de Apuí, Humaitá e Lábrea. A operação é resultado de um trabalho conjunto entre as secretarias estaduais de Meio Ambiente (Sema) e Segurança Pública (SSP-AM).

Por determinação do secretário de Segurança, general Carlos Alberto  Mansur, houve reforço no número de efetivo. A Força Nacional também está participando, com mais de 40 agentes.

Durante os cinco primeiros meses de operação, foram apreendidos animais domésticos, madeira serrada e veículos que realizavam o transporte irregular de materiais ilícitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui