Amazonas Cidades Saúde

Manaus confirma dois primeiros casos de sarampo em 2019

Foto: Altemar Alcântara/Semcom
Avatar
Escrito por Redação II

A capital amazonense registrou os dois primeiros casos confirmados de sarampo em 2019. O primeiro foi registrado no dia 30 de janeiro em um bebê com menos de um ano, no bairro Petrópolis, Zona Sul. E o outro, foi no dia 1º de fevereiro, em outra criança de um ano, no bairro Tancredo Neves, na Zona Leste de Manaus.

Por conta desses dois casos confirmados na cidade, a Prefeitura alertou sobre a necessidade da vacinação, principalmente para proteger as crianças.

Além desses casos, outros seis estão sendo investigados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa)por suspeita da doença.

Dos casos de suspeita, quatro deles são em crianças menores de um ano e outros dois na faixa etária de 20 a 29 anos. Por território, quatro dos casos em investigação foram notificados no Distrito de Saúde (Disa) Leste, um no Disa Norte e outro no Disa Rural.

Apesar da redução que teve em relação às notificações do sarampo, os dados demonstram que o vírus continua em circulação em Manaus. O público mais afetado são crianças que ainda não chegaram à idade indicada para completar a vacina contra a doença.

Em situação de surto, continua vigente em Manaus a antecipação da primeira dose de tríplice viral para crianças de seis a 11 meses, seguindo com o esquema de rotina preconizado a partir de 12 meses de idade, com intervalo mínimo de 30 dias da dose antecipada, e complementação do mesmo com a segunda dose, a ser realizada com a vacina tetra viral a partir dos 15 meses de idade.

O último Informe Epidemiológico de Monitoramento do Sarampo, divulgado no dia 1º de março, Manaus registra, desde fevereiro de 2018, 7.255 casos confirmados da doença.

Dos 7.225 casos confirmados, a faixa etária mais atingida é a de 15 a 29 anos, com 46,4% do total de registros de sarampo.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.