Manaus perde o artista plástico e líder religioso Roberto Evangelista

Roberto Evangelista com sua sempre companheira Ana Evangelista - foto: arquivo

Faleceu nesta terça-feira (12) o artista plástico e um dos líderes da religião União do Vegetal, Roberto Evangelista. Ele tinha 73 anos e uma carreira artística promissora, com suas obras participando de grandes exposições culturais por todo o país e, internacionalmente.

No cenário amazonense, ele era considerado um dos poucos artistas com características próprias e uma linguagem segura em relação aos temas abordados na sua arte.

Roberto Evangelista ao lado dos renomados artistas Jair Jacqmont, Otoni Mesquita e Sergio Cardoso – foto: arquivo

Seus trabalhos, em sua maioria premiados nacionalmente, sempre apresentavam uma expressão relevante e também levavam quem o estivesse vendo a fazer uma reflexão sobre os mais diversos temas.

“Foi o corpo, ficou o legado”

Publicitário, artista plástico e curador de arte, Roberto também era mestre assistente geral e membro do Conselho de Recordação dos Ensinos do Mestre Gabriel, na religião União do Vegetal, onde pregava a Paz, o Amor e a fraternidade entre os homens.

O velório está acontecendo no Núcleo Caupuri, Avenida Laguna, no bairro Lírio do Vale I, do qual era um dos fundadores. O enterro acontecerá às 16h30, no cemitério São João Batista, Boulevard Álvaro Maia.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui