Manaus precisará de experiência de Amazonino para enfrentar crise econômica, diz Wilker

Foto: Aguilar Abecassis

Durante o “Pit Stop do Negão”, adesivagem de carros ocorrida neste sábado (03/10), pela Coligação Juntos Podemos Mais, o candidato a vice-prefeito, deputado estadual Wilker Barreto, disse que Manaus precisará da experiência de Amazonino Mendes, para enfrentar a crise econômica e social, provocada pela pandemia de Covid-19. Amazonino é o candidato a prefeito, na chapa que tem Wilker como vice, ambos do PODEMOS.

“O que o povo quer, realmente, é alguém que tenha capacidade para tocar a Prefeitura, numa crise que ainda vai chegar e que é econômica e social. Então, a experiência do Amazonino é importante. O Amazonino não está aí para correr maratona. Nós precisamos daquele técnico na beira do campo. Olha como (Jorge) Jesus faz falta no Flamengo. Não adianta ter craque, se não souber organizar o time”, analisou Wilker Barreto.

Ex-técnico do Flamengo, Jorge Jesus tem 66 anos. Em 2019, encerrou o ano com dois títulos (Brasileirão e Libertadores). O ‘Mister’, como é conhecido, iniciou 2020 com quatro novas taças (Supercopa do Brasil, Taça Guanabara, Recopa Sul-Americana e o Campeonato Carioca).

Wilker Barreto lembrou que há uma estimativa de o Executivo Municipal começar o ano de 2021 com déficit de R$ 500 milhões. “Para quem já sabe trabalhar como Amazonino, vai ter que pegar esse ‘manche’ e administrar. Imagina aquele que nunca administrou nada? Tem gente que fala ter quatro meses de experiência. Quatro meses não são nada. Noventa dias na CLT é o prazo determinado para a empresa verificar se o funcionário tem condições de assumir o cargo. Então, não dá para brincar. Estamos vivendo um período atípico e a experiência será determinante, para tirar a cidade desse temporal”, ressaltou o deputado.

Foto: Aguilar Abecassis

Amazonino Mendes aparece em todas as pesquisas registradas na Justiça Eleitoral, na liderança das intenções de votos, no primeiro e segundo turnos. Em nova pesquisa divulgada na última sexta-feira (02/10), abriu uma vantagem de 21,8 pontos sobre o segundo colocado, alcançando 38,6% das intenções de voto. Conforme o Instituto Diário de Pesquisa (IDP), 54,7% dos eleitores afirmaram que a intenção de voto é definitiva, ou seja, não estão dispostos a mudar de candidato.

‘Pit Stop do Negão’

A ação de adesivagem da coligação que tem Amazonino como candidato a prefeito ocorre no Comitê do PODEMOS, na rua Selma Acyole, conjunto Jardim Espanha II, bairro Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus.

Em estilo drive thru, o formato segue as recomendações dos órgãos de saúde para evitar aglomeração, como prevenção à Covid-19.  Os motoristas não saíram do carro e passaram cerca de dois minutos no processo de adesivagem.

A equipe de fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) acompanhou o trabalho, durante esta manhã, e elogiou as medidas de prevenção adotadas pelo PODEMOS e que vêm sendo mantidas desde a convenção do partido.

A adesivagem segue durante a semana, mas o ‘Pit Stop do Negão’, ação especial da coligação, será sempre aos finais de semana e deverá ganhar outros pontos em Manaus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui