Manaus terá 193 postos de vacinação durante o Dia ‘D’ contra o sarampo

Foto – Alex Pazuello / Semcom

A Prefeitura de Manaus informa que o Dia “D” de mobilização contra o sarampo, que acontece neste sábado, 30/11, das 8h às 17h, terá 193 postos vacinação para atender a população na faixa etária de 20 a 29 anos. A abertura oficial está marcada para às 10h, na praça da 15 de Novembro, a praça da Matriz, Centro Histórico de Manaus.
A ação, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), vai encerrar a Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo, promovida em todo Brasil pelo Ministério da Saúde desde o dia 18 de novembro, e que tem como objetivo reforçar a imunização de adultos jovens que ainda não foram vacinados ou que precisam receber a segunda dose da vacina.

A recomendação para quem procurar um dos postos é que apresente, preferencialmente, o Cartão de Vacina, Cartão SUS (Sistema Único de Saúde) ou um documento com CPF. A lista dos postos que irão funcionar no Dia “D” pode ser consultada no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br), com endereço e o ponto de referência para facilitar o acesso da população.

Foto – Alex Pazuello / Semcom

A chefe da Divisão de Imunização da Semsa, enfermeira Isabel Hernandes, esclarece que os 193 postos, entre fixos e volantes, irão atender nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste, sendo que na zona rural a campanha já foi finalizada.

Calendário

Para pessoas de 20 a 29 anos, a vacinação contra o sarampo deve ser feita em duas doses. Na campanha do Ministério da Saúde, foram utilizadas as vacinas: tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e a dupla viral (sarampo e caxumba), que devem ser administradas com um intervalo mínimo de 30 dias.

“Mas é importante lembrar que a imunização contra o sarampo está disponível nas unidades de saúde durante todo o ano de acordo com Calendário Nacional de Vacinação, recomendada para a população na faixa etária de seis meses a 49 anos. Em caso de dúvida, o usuário do SUS deve procurar uma unidade de saúde para avaliação da situação vacinal”, recomenda Isabel Hernandes.

Fonte: SEMSA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui