Manaustrans inicia debates sobre a implantação da ‘Zona Azul’

Deputado Sidney Leite

Deputado Sidney Leite

O Instituto Municipal de Trânsito (Manaustrans) iniciou o diálogo com os guardadores de carros que atuam no Centro da cidade, com vistas à contratação deles para atuação no novo sistema de estacionamento rotativo, o “Zona Azul”, que está em processo de licitação.

A informação é do deputado estadual Sidney Leite (PROS), que tem acompanhado o processo, a pedido da Associação dos Guardadores e Lavadores Autônomos de Veículos Automotores do Estado do Amazonas (Aglavam), para garantir que haja a absorção dos flanelinhas no novo sistema, evitando que 600 pais de família percam o que é hoje a sua única fonte de renda.

Na quarta-feira (29), na reunião com os associados da Aglavam, o chefe de gabinete do Manaustrans, Maurício Reis, afirmou que o projeto “Zona Azul” será implantado gradualmente no Centro, no conjunto Parque 10, no Vieralves e em parte do bairro Alvorada e que os guardadores serão ouvidos durante todo o processo. Apesar de afirmar que haverá contratação dos flanelinhas pela concessionária  que vencer a licitação do “Zona Azul”, Maurício não deu detalhes de como será feita essa absorção e nem se todos os 600 associados da Aglavam que atuam no Centro terão lugar na empresa.

Sidney Leite lembra que o município tem prerrogativa para contratar os trabalhadores, com base no artigo 5º do Decreto Presidencial 79.797 de 1977, que orienta que o poder público municipal poderá utilizar a mão de obra dos flanelinhas mediante autorização especial das Delegacias Regionais do Trabalho (atual Superintendência Regional do Trabalho), ou demais órgãos por elas credenciados.

O parlamentar diz que a grande preocupação é garantir que os flanelinhas sejam absorvidos. “Demos assessoria jurídica aos guardadores e estamos conversando sobre como assegurar a renda para esses pais de família. Eles precisam continuar mobilizados, para que não fiquem desamparados de uma hora para outra”, defende o deputado.

O presidente da Aglavam, Henrique André dos Santos, destacou o apoio que a entidade tem recebido do parlamentar. “Nós estamos avançando e essa ajuda tem sido fundamental. O que queremos é trabalhar”, afirmou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui