Marinha recepciona chegada do navio Hidroceanográfico

Henrique(C), Ministro Jacques Vagner(D) e Almirante Eduardo bacellar(E), na cerimônia militar/Foto: Joel Arthus
Henrique(C), Ministro Jacques Vagner(D) e Almirante Eduardo bacellar(E), na cerimônia militar/Foto: Joel Arthus
Henrique(C), Ministro Jacques Vagner(D) e Almirante Eduardo Bacellar(E), na cerimônia militar/Foto: Joel Arthus
Henrique Oliveira na recepção ao navio Rio Branco/Foto: Joel Arthus
Henrique Oliveira na recepção ao navio Rio Branco/Foto: Joel Arthus

Com a presença do vice-governador do Amazonas, Henrique Oliveira, foi realizada na tarde de ontem (01), em Manaus, a cerimônia da chegada do Navio Hidroceanográfico Fluvial (NHoFlu) Rio Branco da Marinha do Brasil, no cais da Estação Naval do Rio Negro, no Km 4 da BR-319, no Distrito Industrial, contando, também, com a presença do ministro da Defesa, Jaques Wagner, e do comandante da Marinha, o Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira.
“A Marinha tem participado efetivamente da valorização das nossas estradas naturais, que são os rios. Nós sabemos que existem gargalos muito grandes em relação ao escoamento de produção da Zona Franca de Manaus, e de produtos para o interior do Estado. E quando abrimos esse canal para que o Ministério da Defesa, através do Governo Federal, comece a valorizar os nossos rios, que estão prontos para serem navegados, e trazerem e levarem esse desenvolvimento para o Amazonas e para o Brasil, nós enxergamos de forma muito positiva”, afirmou Henrique Oliveira. Ele informou que o governador José Melo estará à disposição da Marinha para que possam trocar informações de inteligência e atividades que beneficiem a população.

De acordo com a Marinha, o navio será empregado na coleta de dados hidrocenográficos e em atividades inerentes à segurança da navegação. Além disso, poderá ser empregado nas ações de presença, em função de necessidades da política externa brasileira, na coleta de dados ambientais em apoio ao planejamento e à execução de operações ribeirinhas, em missões de esclarecimento e na preservação do meio ambiente.

O ministro da Defesa, Jaques Wagner, destacou a importância da aquisição para as atividades da Marinha do Brasil. “É um navio muito moderno para hidrografia, para pesquisa. É um investimento de R$ 50 milhões, com 70% do conteúdo nacional, construído em um estaleiro brasileiro, no Ceará, e que seguramente se incorpora a dois outros menores do mesmo tipo. Esse navio terá como missão fazer toda a cartografia e também pesquisa da bacia hidrográfica do Amazonas, que a maior do mundo”, disse.

O NHoFlu teve seu projeto de concepção realizado pelo Centro de Projetos de Navios da Marinha do Brasil e foi construído pela Indústria Naval do Ceará (INACE), em Fortaleza. O navio atuará na Amazônia Ocidental, subordinado ao Serviço de Sinalização Náutica do Nordeste (SSN-9) do Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN).

FOTOS – JOEL ARTHUS / AGECOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui