Medo de Lula: Bolsonaro ameaça “convulsão social” se perder em 2022

Bolsonaro ameaça "convulsão" se Lula ganhar em 2022 - foto: recorte/PT.org

Com medo diante do amplo crescimento do ex-presidente Lula (PT) nas pesquisas sobre as eleições de 2022, Jair Bolsonaro afirmou que se o petista ganhar a eleição presidencial, o Brasil viverá uma “convulsão” social, caso o voto não seja auditável. Bolsonaro é defensor do voto impresso.

Em live nas redes sociais, nesta quinta-feira (17), Bolsonaro comentou a fala do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, contra o voto impresso. O chefe do Planalto voltou a defender que o Congresso aprove uma emenda à Constituição para mudar a votação.

“Vamos respeitar o parlamento brasileiro, caso contrário teremos dúvida nas eleições. Podemos ter um problema seríssimo no Brasil, pode um lado ou outro não aceitar, criar uma convulsão no Brasil”, disse.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui