Membros da escola de samba Aparecida agridem repórter durante ensaio técnico

Foto: Divulgação

Manaus – Na noite de quarta-feira (19), o repórter policial que cobriam o ensaio técnico das escolas de samba de Manaus, foi agredido por membros da escola de samba Aparecida.

O repórter estava cobrindo a entrada da escola de samba na avenida, quando aproximadamente quatro homens o empurram e o agrediram com socos. A vítima acabou sendo salva por repórter cinematográfico de outro site que teve que intervir pelo companheiro.

De acordo com Denivaldo Oliveira, o mesmo não fez nada que justificasse a agressão sofrida. “Estava eu e minha cinegrafista ao vivo, e em nenhum momento pediram para sair dali, e do nada, durante a transmissão, seis elementos começaram a gritar comigo, foram pra cima de mim, tinha outros colegas da imprensa trabalhando lá também fazendo transmissão, mas eles estavam longe, disseram que não podia gravar, que nós estávamos atrapalhando, sendo que esse ensaio foi divulgado para toda imprensa fazer cobertura.” lamentou Denivaldo.

O caso foi registrado em uma unidade policial onde será instaurado uma investigação para tentar identificar os meliantes que realizaram a agressão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui