Menina de 13 anos que acusou tio de estupro seria para encobrir namorado de 16 anos

Cidade de Eirunepé - foto: ilustrativa/recorte

Menina de 13 anos que acusou seu tio de 38 anos de tê-la estuprado no início de 2021, mas com prisão decretada pela polícia da cidade de Eirunepé (distante 1.160 quilômetros de Manaus), no último dia 18, teria desmentido o abuso em confissão a uma piscicologa da cidade.

O tio da garota, que está preso na carceragem da cidade pode ser solto a qualquer momento, por inocência no caso.

A denúncia de que ele teria abusado de vulnerável, segundo a família do acusado, foi para encobrir um adolescente de 16 anos, que estaria mantendo relações com a ela, às escondidas da família.

Nesta segunda feira (24), a adolescente teria escrito um bilhete para a família do acusado pedindo desculpas (veja mensagem de familiares abaixo).

O advogado de defesa está usando o argumento, para entrar com pedido de soltura do tio da adolescente ainda hoje.

Outras notícias, mais tarde.

Delegacia de Polícia de Eirunepé-AM, onde o tio acusado está preso – foto: recorte

Entenda o Caso:

Um homem, de 38 anos, foi preso em Eirunepé (distante 1.160 quilômetros de Manaus) nesta terça-feira (18), pelo crime de estupro de vulnerável cometido contra a sobrinha dele, uma adolescente de 13 anos. De acordo com o escrivão de polícia Antônio Sena, que está respondendo interinamente pela DEP, o crime ocorreu no início de 2021, porém, as equipes policiais só tomaram conhecimento da ocorrência em dezembro do mesmo ano.

“A vítima relatou para uma médica, durante a realização de exames de rotina, que havia sido abusada sexualmente pelo seu tio. Iniciamos as diligências em torno do fato e constatamos a veracidade do crime”, explicou o escrivão.

Sena informou que, em seguida, foi solicitada à Justiça pelo mandado de prisão preventiva em nome do infrator. A ordem judicial foi expedida em 7 de janeiro deste ano, pelo juiz Jean Carlos Pimentel dos Santos, da Vara Única da Comarca de Eirunepé.

“Com a ordem judicial decretada, nos deslocamos ao endereço dele, no bairro Centro, e efetuamos sua prisão”, disse Antônio Sena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui