Miss Plus Size comemora título e inspira mulheres sobre o mundo da moda e da beleza

O Miss Plus Size tem como missão lutar contra a gordofobia e mostrar a diversidade dos corpos - foto: recorte

Casada e mãe de um filho de 3 anos, a mineira Jessica Lacerda Paes, 31 anos, é a vencedora do concurso Miss Plus Size Nacional 2022. Com o título, ela – que sempre sonhou ser modelo – hoje é inspiração para outras mulheres, mostrando que tem lugar para todas no mundo da moda e da beleza.

O concurso foi esta semana no Rio de Janeiro, no Teatro Rival Refit, e reuniu 22 participantes de várias partes do país.

Lindas e maravilhosas – foto: divulgação

“Em 2018, eu fui descoberta no começo do movimento plus size. Mas eu não me aceitava. Foi uma construção me aceitar como uma mulher com curvas”, disse a vencedora.

A missão do concurso

O Miss Plus Size tem como missão lutar contra a gordofobia e mostrar a diversidade dos corpos. A edição deste ano contou lindas mulheres de todo o canto do nosso Brasil.

“A autoestima que esse concurso traz às mulheres participantes e a quem as vê no palco é um bálsamo e um aliado contra o preconceito que insiste em continuar. Nosso compromisso é com a felicidade, com a oportunidade, com respeito e a transformação que concursos como esse passam a exercer na sociedade”, afirmou Eduardo Araujú, criador do concurso.

A aceitação do corpo

Jéssica contou que o caminho para aceitar seu corpo não foi fácil e hoje sua missão é ajudar outras mulheres nesse processo.

“Minha mãe veio de uma criação onde foi punida e humilhada por não ser magra como seus irmão, logo ela queria que comigo fosse diferente, para que aquele sofrimento não se repetisse. Mas é claro que essa obsessão por ser magra para ser amada teria consequências. Com apenas 13 anos desenvolvi compulsão alimentar pela restrição exagerada e com ela a bulimia”, relembrou.

Desde pequena, Jessica acreditava que ser modelo não era para ela, já que sempre foi uma menina mais gordinha. Mas em 2018 ela conheceu o mundo plus size e nunca mais parou.

Foto: divulgação

“Eu sempre sonhei em ser modelo, mas por ser uma criança gordinha, eu nunca fui estimulada. Minha mãe tinha medo, e ela me incentivou a trabalhar de outra maneira. Eu me formei como designer de moda e sempre trabalhei com moda festa”, contou Jéssica.

“Você é maior do que o número de jeans que você veste”

Com o concurso, ela espera inspirar mais mulheres e deixa uma mensagem forte para se pensar:

“Eu trabalho nas minhas redes sociais para influenciar mulheres a se aceitar. Você é maior do que o número de jeans que você veste”.

Com informações do BHAZ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui