Moradores de Estirão do Equador reclamam do descaso do prefeito de Atalaia

Esse é o tipo de leito que a secretária de saúde de Atalaia instalou para o atendimento de coronavírus no Estirão do Equador Foto: Reprodução

Moradores de Atalaia do Norte (a 1.137 quilômetros de Manaus) reclamam do abandono da cidade, principalmente na área da saúde.

Os pacientes diagnosticados com covid-19 da comunidade Estirão do Equador são os que mais sofrem pelo descaso da atual gestão municipal.

Na base militar, que é utilizada como unidade de saúde da cidade, quem precisa de atendimento médico está em leito totalmente improvisado. Camas de madeira e escadas que mais parecem caixotes de frutas são utilizados sem higienização.

Muitas pessoas estão praticamente “jogadas” pelos corredores esperando por atendimento, que, às vezes, nem recebem. Isso porque os médicos ficam apenas uma hora por dia na base militar.

O descaso revolta os moradores. Eles querem providências urgentes da prefeitura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui