Moradores de Itapiranga estão sem água em plena pandemia de covid-19

Foto: Reprodução

Em meio à pandemia de covid-19, os moradores de Itapiranga (a 22 quilômetros de Manaus) enfrentam outro problema. Eles estão sem o abastecimento de água, tanto na área rural, quanto na área urbana.

A prefeita Denise Lima garantiu a normalização do abastecimento, no entanto, a população ainda passa sufoco sem água nas torneiras. Os moradores pedem providências e a divulgação do uso de recursos provenientes de verbas federais e estaduais.

A prefeita Denise de Farias Lima (PP) já é acusada de pagar propina no valor de R$ 20 mil ao vereador António Marcos de Araújo Soares (PRB), conhecido como “Pelado”, membro da Comissão de tomada de Contas do município de Itapiranga. No ano passado, o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) autorizou a abertura de processo de tomada de contas do município de Itapiranga, que cabe à Câmara Municipal realizar o procedimento.

A prefeita é suspeita de “comprar” o vereador António Marcos, que era membro da comissão, para que ele aprovasse as contas do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui