Brasil Política

Moro e Jair não enganam ninguém que tenha pelo menos dois neurônios

O presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro Sergio Moro.| Foto: Arquivo Gazeta do Povo
Avatar
Escrito por Redação II

O “compromisso” de Jair Bolsonaro com Sergio Moro, envolvendo uma vaga no Supremo Tribunal Federal, conseguiu arrancar críticas até de um ministro da Corte. Na noite de ontem segunda (13), Marco Aurélio Mello avaliou que pegou mal para Moro, que sai como se tivesse feito “uma troca” pelo cargo.

“Isso soa muito mal para o ministro da Justiça, como se ele tivesse feito uma troca. Agora só vai haver vaga em novembro de 2020, a não ser que tenha acidente de percurso ou antecipação de aposentadoria. Temos de esperar um pouco. Agora é péssimo. No contexto é muito ruim”, disse Marco Aurélio ao O Globo.

Marco Aurélio Mello – Foto: Nelson Jr

O jornalista Ricardo Kotscho questionou em seu blog “quando exatamente se acertou esse ‘compromisso’? Antes ou depois da eleição e da prisão de Lula?”

Para Kotscho, Bolsonaro “matou dois coelhos ao mesmo tempo: pegou carona na popularidade de Moro e tirou o ex-juiz da frente nas próximas eleições.”

“Moro e Bolsonaro não enganam mais ninguém que tenha no mínimo dois neurônios. (…) Moro continua em campanha permanente, assim como seu chefe Bolsonaro. Só não dá para saber ainda, em sua linguagem melíflua e arrevesada, se é candidato ao STF ou ao Palácio do Planalto.”

Fonte: GGN

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.