Motoristas ameaçam parar ônibus nessa sexta (15) por falta de segurança

Os ônibus estão sendo recolhidos às garagens nesse momento. Amanhã não devem sair - foto: arquivo

Os ônibus da empresa Açai, São Pedro, Global, Eucatur estão sendo recolhidos às suas garagens nesse momento. A categoria está revoltada com a falta de segurança e a morte do motorista Francisco (o Chiquinho), nessa noite de quinta feira (14) nas esquinas da Max Teixeira com a Avenida Torquato Tapajós, Zona Note de Manaus. Ele foi atingido com um tiro nas costas depois de tiroteio dentro do ônibus entre policial e bandidos.

Em protesto, motoristas exigiram do Sindicato que tomasse uma medida de impacto para alertar o governador Amazonino Mendes (PDT) e o prefeito Arthur Neto (PSDB) sobre a falta de segurança nos transportes em Manaus. O sindicato está ouvindo a categoria nesse momento para saber se eles aprovam a paralisação nessa sexta feira (15), a partir das 04 horas da manhã, nas linhas da Zona Norte.

Os ônibus estão sendo recolhidos às garagens nesse momento. Amanhã não devem sair – foto: arquivo

A revolta é grande em todas as garagens. “Essa não é a primeira vez que morre um trabalhador, pai de família, no exercício da profissão de motorista de ônibus e o governo e prefeitura, só pagando propaganda para dizer que tem segurança em Manaus”, dispara o vice presidente dos Rodoviários Josenildo Mossoró.

Amanhã os carros podem não sair das garagens. “É hora de o governo tomar uma atitude contra os inúmeros assaltos com mortes e muitos feridos em Manaus”, esbraveja o motorista Felix Nogueira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui