Mototaxistas fazem manifestação e são recebidos pelo superintente da SMTU

Mototaxistas em reunião com Pedro Carvalho, na PMM/Foto: Divulgação

Mototaxistas em reunião com Pedro Carvalho, na PMM/Foto: Divulgação
Mototaxistas em reunião com Pedro Carvalho, na PMM/Foto: Divulgação

Depois de uma manifestação pública na avenida Brasil, em frente à Prefeitura de Manaus, com dezenas de profissionais pedindo a definição das etapas do processo de fiscalização do transporte, uma comissão de mototaxistas foi recebida, em reunião, pelo superintendente municipal de Transportes Urbanos, Pedro Carvalho,  que disse que deve organizar o processo a partir do dia 6 de novembro, com todas as etapas sendo, amplamente divulgadas na mídia.

Carvalho lembrou que a ideia não é punir os mototaxistas, com multas, mas, sim incentivar os profissionais que ainda não buscaram a regularização para trabalharem de acordo com as regras estabelecidas.

“Esse processo vai começar informando a todos os interessados como será feito cada etapa do procedimento. Não vamos sair fiscalizando amanhã. É preciso trabalhar os não legalizados para que entrem no sistema. Para isso, vamos lançar uma outra licitação. Não queremos multar ninguém, isso será o último ato”, disse Pedro Carvalho

A SMTU estendeu o prazo até dia 5 de novembro para que 145 mototaxistas, dos 1679 selecionados na licitação deste ano, assinem o contrato de permissão e não percam a vaga para explorar o serviço.

Entre as exigências para o exercício da atividade, está a idade mínima de 21 anos completos para o condutor,  habilitação para dirigir motos por pelo menos dois anos, a aprovação em curso especializado nos termos da regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e  a ausência de condenação criminal oriunda de processo transitado em julgado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui