MPAM quer garantir inclusão dos moradores de rua na vacinação prioritária

Foto: Reprodução

A população de rua de Manaus poderá ter atendimento prioritário no plano de vacinação contra a covid-19. O Ministério Público do Amazonas (MPAM) instaurou procedimento administrativo para fiscalizar, acompanhar e viabilizar o atendimento aos moradores de rua.

A ação se deu após o anúncio do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra covid-19, publicado pelo Governo Federal em dezembro, que definiu as diretrizes para o planejamento e operacionalização da vacinação dos Estados e Municípios. O MPAM defende que a população em situação de rua é uma parcela extremamente vulnerável, além da possibilidade de que venha a se tornar vetor de contaminação pela covid-19, dada sua peculiaridade comportamental.

O procedimento instaurado oficializou à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), para que promova a inclusão da vacinação da população de rua. Além disso, a pasta deverá notificar os equipamentos públicos e privados de Manaus voltados ao atendimento assistencial da população de rua, para que indiquem a relação de seus servidores e usuários, e comunicar ao Grupo de Trabalho da covid-19, para adotar medidas complementares ao presente procedimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui