MPF pede medidas urgentes para conter o coronavírus no Alto Solimões

Foto: Reprodução

Após a confirmação do primeiro caso de covid-19 em Santo Antônio do Içá (a 888 quilômetros de Manaus), o município deverá adotar uma série de medidas para enfrentar o coronavírus. A recomendação é do Ministério Público Federal (MPF) e também é válida para o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei).

No documento, o MPF recomenda ao município de Santo Antônio do Içá e ao Dsei Alto Solimões a adoção de todas as medidas necessárias para garantir o isolamento e atendimento de saúde do médico com diagnóstico positivo para covid-19. Além disso, é necessário identificar, colocar em quarentena e monitorar todas as pessoas que foram atendidas ou tiveram contato direto com ele, especialmente profissionais de saúde e indígenas.

O MPF requer também a montagem de barreiras sanitárias para impedir que o vírus chegue às comunidades indígenas da região e a intensificação de ações informativas de divulgação dos cuidados preventivos, sintomas e necessidades de procura dos serviços de saúde nos casos indicados. Os órgãos têm dois dias para apresentar resposta à recomendação, com envio de relatório contendo as medidas já adotadas em relação aos itens recomendados, sob pena de adoção de medidas administrativas ou judiciais cabíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui